26/05/2021 às 12h58min - Atualizada em 26/05/2021 às 12h58min

Rede de postos em SC vai vender gasolina a R$ 3,39 no Dia do Imposto Zero; saiba onde

Unidades de quatro cidades da rede de postos Havan vão comercializar o combustível sem cobrar os valores de impostos

Marcos Antonio - Marcos Imprensa
Rede de postos coatarinense vai vender gasolina sem cobrar impostos – Foto: Divulgação/Havan
Nesta quinta-feira (27) a rede de postos Havan vai vender gasolina sem cobrar os valores referentes aos impostos. O preço do litro do combustível será comercializado a R$ 3,39.A ação faz parte do “Dia do Imposto Zero” e vai ocorrer nos postos localizados nas cidades de Brusque, Barra Velha, Araranguá e Palhoça.

De acordo com o coordenador de custos da rede, Rogério Hames, cerca de 36% do preço do combustível são impostos, por isso a rede decidiu aderir ao dia de manifesto.

Cada cliente poderá comprar até 15 litros de gasolina, sendo que cada filial disponibilizará 5 mil litros com o valor diferenciado.


“O atendimento iniciará às 9 horas e será por ordem de chegada. Todas as bombas estarão abertas simultaneamente e o desconto sobre o abastecimento será dado automaticamente no caixa. Na ocasião, serão aceitas todas as formas de pagamento convencionais, inclusive o cartão Havan”, explica.

Dia do Imposto Zero

O Dia do Imposto Zero – também chamado de Dia Livre de Impostos – é um movimento realizado simultaneamente em várias regiões do Brasil, que busca conscientizar a população e protestar contra a alta carga tributária no país.

A data foi escolhida para ser em maio, pois simbolicamente é a época do ano em que os brasileiros conseguem quitar todos os seus tributos, taxas e contribuições do ano.

De acordo com dados do “Impostômetro” da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em 2020 o brasileiro precisou de 151 dias de trabalho para pagar impostos.

Ainda conforme o Impostômetro, no dia 19 de maio deste ano o Brasil chegou a marca de R$ 1 trilhão em tributos arrecadados desde o primeiro dia do ano. Em 2020 esta marca foi registrada em 27 de junho, quase um mês depois.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Informações indisponíveis

0