28/05/2021 às 15h16min - Atualizada em 29/05/2021 às 00h00min

Planejamento financeiro: saiba a importância para sua pequena empresa

SALA DA NOTÍCIA LUCAS WIDMAR PELISARI
O planejamento financeiro envolve várias etapas de uma empresa. Seja ela grande ou pequena, os desafios vão aparecer.

A grande maioria dos gestores se queixam da falta de tempo para que essa gestão sofra algum tipo de problema. Nem sempre essa área é vista como necessária ou útil, mas acredite, é essencial.
Um pequeno empreendedor não pode abrir mão de dedicar seu tempo para colocar no papel seus gastos e as tarefas que norteiam o setor financeiro da empresa, ele precisa entender a importância do planejamento financeiro para pequenas empresas.

Isso pode ser um grande problema, visto que toda a rotina de organização de operações da empresa beneficia o setor financeiro.

Pensando em te auxiliar nessas questões, separamos algumas dicas e informações sobre a importância do planejamento financeiro para pequenas empresas, para que a organização seja uma realidade, te ajudando no controle de custos, lucros, gastos e receitas. Confira a seguir.

Qual a importância do planejamento financeiro para pequenas empresas?

Quanto menor é o capital social de uma empresa, ou seja, seu investimento inicial, mais arriscado é o seu caminho para o sucesso.

Mas fique tranquilo, isso não é para te desanimar. Correr riscos faz parte de empreender.

Mas, o que queremos dizer é que quanto menor a capacidade de investimento de uma empresa, mais apta para a inovação ela precisa ser, tendo em vista as dificuldades que poderá enfrentar.

Ninguém consegue crescer seguindo os mesmos passos que os seus concorrentes. O que você precisa fazer como empresa é se destacar e colocar em prática novas idéias que ninguém tenha feito ainda.

Em um mercado como esse, se planejar é essencial para crescer. O planejamento financeiro para pequenas empresas deve ser um dos que mais recebem atenção. É a partir desse planejamento que você consegue traçar objetivos para todas as outras áreas da empresa.

Só conseguimos colocar em prática aquilo que o orçamento da empresa permite. Caso as ideias não sejam baseadas nisso, os riscos serão aumentados.

Como se planejar financeiramente na prática

Ao entender a importância do planejamento financeiro para pequenas empresas, a situação fica um pouco menos desconfortável. Quando você entende o que o seu orçamento permite, você sabe exatamente até onde pode gastar.

É possível cuidar desse setor sozinho ou terceirizar essa função. Caso decida fazer isso sozinho, você deverá seguir alguns passos para se organizar e ter controle das finanças da sua empresa.
Veja a seguir alguns pontos que você precisa compreender e como colocá-los em prática para começar a aplicar isso dentro da sua empresa. Confira:

Analise toda a situação da empresa

Antes de tudo, você deve saber qual a situação atual da sua empresa. Você até pode achar que possui o controle financeiro do seu negócio, mas nem sempre isso é verdade.

Não é possível analisar todo o conjunto de uma empresa observando apenas as vendas diárias ou a receita no final do mês. Mesmo que esses dados sejam importantes, não são os únicos que influenciam na saúde financeira da sua empresa.

Observe os bens que a empresa possui, direto ou indireto, como patrimônio líquido, máquinas, equipamentos, materiais e produtos em estoque. Qualquer coisa que possa ser convertida em dinheiro, é um bem da sua empresa.

Observe também os valores da sua empresa. Quando você conseguir observar tanto os dados passivos quanto ativos, conseguirá fazer um levantamento do balanço patrimonial da sua empresa.
Feito isso, você terá em mãos dados para analisar sua empresa como um todo e seguir os levantamentos.

Faça todos os registros

Hoje em dia quase ninguém mais usa caneta e papel para anotar alguma coisa. Mesmo que esses registros sejam feitos em planilhas no computador, anote todas as entradas e saídas do seu negócio, bem como todas as transações feitas.

Tome cuidado com as planilhas feitas no Excel, pois as soluções que elas apresentam são bem limitadas. Dependendo do tipo de serviço ou produto oferecido pela sua empresa, é importante registrar todas as transações feitas, e elas podem significar milhares por dia.

Isso pode levar muito tempo e ser suscetível a erros na hora de preencher. Caso você prefira, utilize um software próprio para isso, a fim de agilizar os registros de entradas e saídas e outros processos de venda. Encare isso como um investimento, e não como um gasto.

Melhorando esse mecanismo, em pouco tempo você vai conseguir observar os avanços dentro do setor financeiro, diminuindo o tempo com os registros de cada transação feita.

Lidar com o setor financeiro é entender a importância do planejamento financeiro para pequenas empresas e o quanto ele é essencial. Os gastos estão relacionados com o controle de custos e nos investimentos futuros. Para mais dicas conheça a Zoom Pay.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »