28/04/2021 às 09h48min - Atualizada em 29/04/2021 às 15h30min

Em batalha de quase três horas, João Menezes para na estreia e foca nas duplas em Salinas, no Equador

Dois tie-breaks e muita disputa no jogo desta terça-feira (27) diante do tunisiano Skander Mansouri. Nesta quarta-feira (28), o tenista mineiro estreia nas duplas, ao lado do gaúcho Orlando Luz, por volta das 17h30 (horário de Brasília). Cabeças de chave 1, enfrentam uma parceria japonesa

SALA DA NOTÍCIA Gustavo Coelho
Após 2h47min de um jogo muito disputado, o mineiro João Menezes – cabeça de chave número 2 - parou na estreia do Challenger de Salinas, no Equador, nesta terça-feira (27). Foram dois tie-breaks e bastante equilíbrio, até que o tunisiano Skander Mansouri marcou 2 sets a 1, de virada, parciais de 6/7 (7-9), 6/4 e 7/6 (7-4). Menezes – número 3 do Brasil e 197 do mundo – foca, agora, nas duplas. Ao lado do gaúcho Orlando Luz, joga como cabeça de chave 1 e estreia nesta quarta-feira (28), por volta das 17h30 (horário de Brasília), diante dos japoneses Shuichi Sekiguchi e Kaichi Uchida. No ranking de duplas, ocupa a 267ª colocação.

“Jogo duro. Mais um que escapou. O primeiro set foi muito parelho, sem break. No segundo, ele abriu 3 a 0. Eu consegui voltar, lutar, fazer 3/2, e acabou fechando em 6/4. No terceiro, sai com um game atrás, recuperei no último minuto. Aí no 6/5 trocou a bola, o jogo estava lento, ficou rápido de novo e favoreceu para ele. E no tie-break, foi melhor. Errei umas duas bolas que não poderia ter errado”, explicou Menezes, que tem o patrocínio de BRB e apoio de Fila, Wilson e Shopping Uberaba.

O primeiro set foi decidido em um disputado tie-break, em que Menezes salvou dois set points antes de marcar 9-7. Ao longo do set, nenhuma quebra. No segundo, o tunisiano quebrou duas vezes seguidas, abrindo 3/0. Menezes reagiu, devolvendo um dos breaks. Mas, Mansouri manteve a vantagem e fechou em 6/4, levando a definição para o terceiro set. E aí foi o adversário quem quebrou primeiro, no terceiro game, 2/1. Menezes buscou a reação. No décimo, quando o tunisiano sacava para fechar, o tenista mineiro conseguiu igualar, na sexta oportunidade de break, deixando tudo igual, 5/5. Os dois tenistas confirmaram, então, seus serviços e foram para mais um tie-break. Menezes chegou a salvar um match point, mas a vitória foi de Mansouri por 7-4.

Desde 2018, Menezes disputa torneios do circuito Challenger, tendo conquistado seu primeiro título em 2019, em Samarkand, no Uzbequistão. No ano passado, chegou à semifinal do Challenger de São Paulo (SP) e venceu a segunda etapa do Circuito BRB, em Brasília (DF), ambos em novembro, e disputou os qualis do Australian Open e de Roland Garros – neste com uma vitória.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Informações indisponíveis

0