MENU

29/10/2019 às 06h16min - Atualizada em 29/10/2019 às 06h16min

Polícia Civil reforça diligências para esclarecer homicídio de caçadorense

O homem foi morto com disparos de espingarda no domingo

Reporte Marcos Antonio - Marcos Imprensa
A vítima morreu aos 47 anos
A Divisão de Investigação Criminal (DIC), da Polícia Civil de Caçador, reforçou as diligências para descobrir a autoria e a motivação do homicídio do caçadorense Márcio Thomé, de 47 anos. O homem foi morto com disparos de espingarda na manhã desse domingo, 27, no interior de Lebon Régis.


A vítima morreu aos 47 anos

Os trabalhos de investigação estão sendo conduzidos pelo delegado Fernando Guzzi, coordenador da DIC. Todas as possibilidades estão sendo avaliadas pelos investigadores.

“Começamos agora o trabalho de formiguinha para buscar saber o que aconteceu, buscar uma motivação e entender quem era o Thomé, sem descartar, sempre, a possibilidade de ele estar no lugar errado, na hora errada e de o crime não ter sido premeditado”, explica.

A Polícia Civil aguarda o laudo cadavérico e o laudo do levantamento do local do crime feitos pelo Instituto Geral de Perícias (IGP). Também tomará depoimento formal de dois rapazes, que estariam com a vítima.

“Pelas informações preliminares, a vítima e seus amigos estavam se deslocando até o destino, no interior de Lebon Régis. O crime ocorreu antes. Houve uma parada para a vítima fazer necessidades fisiológicas, algo inesperado para se fazer antes de chegar ao local”, revela.

Ainda de acordo com informações preliminares, Márcio teria ido para uma fazenda negociar a compra de um gado acompanhado de duas pessoas. Os amigos disseram que a vítima parou para urinar quando ouviram dois disparos, e logo em seguida viram duas pessoas correndo para o mato.

O corpo de Márcio foi sepultado no final da tarde desta segunda-feira, 28, no cemitério do Castelhano.

As informações são da Rádio Caçanjurê.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp