22/06/2022 às 11h46min - Atualizada em 22/06/2022 às 12h20min

ACNB avalia 704 animais durante a 2ª etapa do Circuito Nelore de Qualidade na Bolívia

A Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB) fez avaliações de carcaças de machos e fêmeas Nelore de 17 pecuaristas do país vizinho

SALA DA NOTÍCIA Irvin Dias Costa de Souza Garcia
A segunda etapa do Circuito Nelore de Qualidade na Bolívia foi realizada nos dias 6 e 7 de junho, em Santa Cruz de La Sierra. Em parceria com a Associação Boliviana dos Criadores de Zebu (Asocebu) e com o frigorífico local Fridosa, a Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB) avaliou 644 machos e 60 fêmeas Nelore de 17 pecuaristas participantes. Os animais foram terminados em pasto, pasto com suplementação e em confinamento.

Destaque à presença de fêmeas com boa cobertura de gordura e de machos jovens com elevado peso médio e melhoria do grau de cobertura de gordura nas carcaças, em comparação à primeira etapa, realizada em fevereiro.

Entre os machos, 89% apresentaram até dois Dentes Incisivos Permanentes (DIP), sendo que 72% possuíam dentição de leite completa (menos de 2 anos de idade). Além disso, 68% dos animais pesaram mais de 255 quilos (17 arrobas) e 48% pesaram mais de 270 quilos (18 arrobas), elevando o peso médio para 274,9 quilos. Por fim, 40% dos machos detinham cobertura de gordura mediana ou uniforme.

O prêmio de Melhor Lote de Carcaças de Machos Terminados em Confinamento foi para Manuel Saavedra Aponte, proprietário da Fazenda Sonia Pilar Norte, de Cabezas. A Medalha de Prata foi para Mário Ignácio Anglarill Serrate, da Fazenda Piraí, também de Cabezas. Já a Medalha de Bronze foi entregue a Alejandro Ribera Guardia, da Fazenda Parabanó, de Pailón.

Gilberto Chavez Justiniano, da Fazenda El Bajío, de Pailón, foi premiado com a Medalha de Ouro no Campeonato Melhor Lote de Carcaças de Machos Terminados em Pastagens com Suplementação. As Medalhas de Prata e Bronze foram, respectivamente, para Eduardo Ciro Añez Saucedo, da Cabanha Santa Lúcia, de Pailón, e Juan Manuel Jimenez Sanabria, proprietário da Fazenda San Juanito, de Cotoca.

O Campeonato Melhor Lote de Carcaças de Machos Terminados em Pastagens teve como vencedores Mathias Honnen Miyada (1º), da Fazenda San Martín, de San Rafael, e a Fazenda Abeja San José, de Luis Gerardo Aramayo Baqueros de Pailón (2º), como vencedores.

Do total de fêmeas avaliadas, 83% tinham até 2 dentes incisivos permanentes (cerca de 2 anos de idade), sendo que 50% apresentaram dentição de leite completa (menos de 2 anos de idade). O peso médio foi de 212 quilos e a cobertura de gordura mediana ou uniforme estava presente em 83% das carcaças.

O Campeonato Melhor Lote de Carcaças de Fêmeas Terminadas em Confinamento foi vencido por Marcelo Fernando Muñoz Añez, da Fazenda Chaco Chico, de Okinawa. Enquanto Gilberto Chavez Justiniano, da Fazenda El Bajío, Pailón, e Matias Honnen Miyada, da Fazenda San Martín, de San Rafael, receberam as Medalhas de Ouro e Prata no Campeonato Melhor Lote de Carcaças de Fêmeas Terminadas em Pastagens.

“Constatamos um grande avanço em termos de movimentação dos pecuaristas bolivianos para a participação nesta segunda etapa do Circuito. Quando comparamos com a primeira etapa, mais que dobrou o volume de animais avaliados e pecuaristas participantes. Além disso, houve expressiva melhora na qualidade da carcaça dos animais avaliados, com mais peso e melhor acabamento”, destaca Nabih Amin El Aouar, presidente da ACNB.

“O aumento do número de pecuaristas participantes mostra o entendimento de que as avaliações de carcaça funcionam como uma importante ferramenta de melhoramento genético, capacitação e aprendizado para a produção de uma carne Nelore de qualidade na Bolívia, assim como acontece no Brasil”, finaliza Nabih.

Fernando Baldomar, gerente geral da Asocebu, destaca a qualidade do gado avaliado. “Em quase 100% dos animais, tanto terminados em pastagens como em confinamento, observamos animais com zero dentes. Isso demonstra a precocidade do Nelore boliviano e o potencial que a raça possui em termos de carne de qualidade em nosso sistema de produção”.

“A maior estrela das avaliações de carcaça são os animais. Observamos grande evolução da segunda etapa. Os machos e as fêmeas atendem as exigências do mercado, apresentando ótimo peso final de carcaça, o que consequentemente proporciona maior rentabilidade, garantindo a evolução da atividade e da economia boliviana”, assinala Juliano Santos, médico-veterinário e gerente de produção do Fridosa.

Santa Cruz de La Sierra receberá a terceira etapa do Circuito, no dia 31 de outubro, também com organização da ACNB, Asocebu e Fridosa.

Circuito Nelore de Qualidade

Realizado pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), o Circuito Nelore de Qualidade fortalece e promove a genética Nelore, contribuindo para a evolução da raça e seu posicionamento como produtora de carne de qualidade. A iniciativa avalia resultados obtidos pelos produtores, cada qual em sua realidade e sistema de produção.

Promovido desde 1999 no Brasil, o Circuito conta com apoio de Friboi, Frisa e Matsuda Sementes e Nutrição Animal. Na Bolívia, a iniciativa tem apoio do frigorífico local Fridosa e é organizada em conjunto com a Asocebu. O Circuito Nelore de Qualidade é o maior campeonato de avaliação de carcaças de bovinos do mundo.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp