06/12/2019 às 14h49min - Atualizada em 06/12/2019 às 14h51min

Luiz Manoel de Amorim explica sobre como deve ser a educação dos cães

Luiz Manoel de Amorim, criador de cães e dono do canil Toca do Jalapão, explica melhor essa diferença, falando a respeito da educação dos cães e como essa pode ser feita em casa.

DINO
https://twitter.com/lma_nogueira_jr
Cão passeando no parque com seu dono

Educar um cãozinho não é fácil e precisa, além de muita didática e carinho, de paciência. Além disso, é importante entender que há uma diferença educar e adestrar um cão, envolvendo métodos e até profissionais diferentes para realizar essa função, quando necessário.

Por isso, Luiz Manoel de Amorim, criador de cães e dono do canil Toca do Jalapão , explica melhor essa diferença, falando a respeito da educação dos cães e como essa pode ser feita em casa.

Adestração X educação de cães

O adestramento canino consiste em ensinar desde truques como "dar a pata", até um treinamento mais rígido para cães de resgate. É feito geralmente por um adestrador, que ensina e conversa diretamente com o cachorro e pouquíssimo com o dono, que apenas deve saber como dar as ordens para repetir o que foi ensinado pelo profissional.

Ao tratar de educação de cães, é preciso falar de algo que mexe diretamente com as emoções e comportamento geral do cachorro e ensinar a ele a se portar corretamente sem precisar de ordens.

Além disso, o adestramento deve ser feito somente a partir dos 4 meses de vida dos cães, já a educação é um processo que pode se iniciar desde o nascimento do animal.

Resumidamente, se o cãozinho puxa a coleira, um adestrador ensinará ordens para que ele obedeça a ficar do lado. Já o educador canino ensinará ele a manter a calma fora de casa, para que ele não tente se soltar ou ir para longe durante os passeios.

Como deve ser a educação canina

A diferença do adestramento para a educação canina está principalmente na forma de abordagem com os cães. Ao se tratar da educação, o ideal é que não se dê ordens ao animal em casos específicos e sim criar hábitos.

Assim, o melhor é ensinar como o cão deve se comportar diariamente, sem que ele seja ordenado a algo, e fazer com que os ensinamentos sejam parte da rotina. Para isso, assim como no adestramento, é preciso de muita paciência, e ainda, trabalhar com recompensas.

Caso o cãozinho faça as necessidades no lugar errado, por exemplo, o ideal é mostrar insatisfação na entoação e mostrar o local correto que ele deve fazer isso. O importante é ficar atento a quando ele acertar o local para dar alguma recompensa e falar num tom amigável (festejar o ocorrido).

Ter paciência e carinho para educar melhor o cãozinho

Segundo Luiz Manoel de Amorim, a paciência e o carinho com os cães são dois passos fundamentais para conquistar os hábitos que devem ser passados para o cãozinho. Além disso, ele afirma que algumas raças são um pouco mais difíceis de lidar que as outras, e por isso, se necessário o ideal é contar com a ajuda de um profissional.

Acompanhe o dia a dia de Luiz Manoel de Amorim no Twitter e no LinkedIn !



Website: https://twitter.com/lma_nogueira_jr
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »