13°C 23°C
Lebon Régis, SC
Publicidade

Rio Grande do Sul confirma duas mortes causadas por leptospirose

Doença é uma das que mais preocupam autoridades sanitárias do estado, devido ao contato com a água das cheias.

22/05/2024 às 17h01 Atualizada em 22/05/2024 às 17h40
Por: Marcos Imprensa Fonte: Oste Mais
Compartilhe:
Rio Grande do Sul confirma duas mortes causadas por leptospirose

Duas mortes causadas por leptospirose já foram confirmadas no Rio Grande do Sul. O óbito mais recente é de um homem de 33 anos, morador da região central de Venâncio Aires (RS).

A causa da morte foi confirmada em nota divulgada pela Prefeitura de Venâncio Aires. De acordo com o comunicado, familiares do homem disseram que ele teve contato com águas das enchentes, mas adotando cuidados necessários, como o uso de botas.

O município também informou que ao menos outros dois casos de leptospirose foram registrados na cidade, e ambos os pacientes já se recuperaram. “O Centro de Atendimento de Doenças Infecciosas (Cadi) da capital do chimarrão aguarda o resultado de 23 investigações laboratoriais apenas neste mês”, diz a nota.

A outra morte por leptospirose foi registrada no município de Travesseiro, no Vale do Taquari, uma das regiões mais afetadas pelas enchentes no estado. A vítima foi um idoso de 67 anos, que morreu na última sexta-feira, dia 17, mas a causa foi confirmada pela Secretaria de Saúde do município no domingo, dia 19.

A doença

A leptospirose é uma das doenças que mais preocupam as autoridades sanitárias no Rio Grande do Sul, já que há grande risco de casos em razão do contato com a água das cheias. A infecção é causada pela bactéria leptospira, presente na urina de roedores e comumente contraída pelo contato com a água ou solo contaminados.

Os principais sintomas são febre, dor de cabeça, fraqueza, dores no corpo e calafrios. O tratamento com antibióticos deve ser iniciado no momento da suspeita. Para os casos leves, o atendimento é ambulatorial, mas nos casos graves, a hospitalização deve ser imediata, visando evitar complicações e diminuir a letalidade.

Ao suspeitar da doença, a recomendação é procurar um serviço de saúde e relatar o contato com exposição de risco.

Lebon Régis, SC
14°
Parcialmente nublado

Mín. 13° Máx. 23°

14° Sensação
1.61km/h Vento
88% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
07h11 Nascer do sol
05h38 Pôr do sol
Ter 14° 10°
Qua 13°
Qui 15°
Sex 15°
Sáb ° °
Atualizado às 23h03
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,81 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,13%
Bitcoin
R$ 360,702,79 -1,91%
Ibovespa
121,341,13 pts 0.74%
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio