02/08/2022 às 09h12min - Atualizada em 02/08/2022 às 09h12min

Ministério Público requer à Justiça que casal vá a júri popular em Caçador

O entendimento é de que houve homicídio triplamente qualificado

Marcos Antonio - Marcos Imprensa
O Ministério Público da 4ª. Promotoria de Justiça da Comarca de Caçador, após analisar todas as evidências, decidiu por denunciar o casal que é acusado de maus tratos a um bebê de três meses que acabou entrando em óbito, por entender que o casal deve ir à Júri Popular, devido ao enquadramento do homem de 21 anos e a mulher de 20, cuidadores do menino, terem cometido homicídio triplamente qualificado.
 

Para o Promotor de Justiça Marcio Vieira, o homem acusado atacou o bebê devido ao choro do mesmo e a mulher se omitiu ao não tomar providência para conter o companheiro, que teria agredido um bebê sem a mínima condição de se defender, visto seus três meses.

O procedimento agora, é esperar a manifestação da Justiça Criminal, que pode acatar ou não do pedido do Ministério Público.
O caso


O menino foi encaminhado ao hospital Maicé em estado grave e posteriormente encaminhado ao hospital infantil Joana de Gusmão em Florianópolis
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp