20/01/2020 às 17h54min - Atualizada em 20/01/2020 às 23h42min

Empresário dá cinco dicas para organizar melhor gastos corporativos

O avanço tecnológico possibilitou o desenvolvimento de soluções que auxiliam os profissionais a economizarem

DINO

O sucesso financeiro de uma empresa está relacionado diretamente com a capacidade de ter receitas maiores à medida que mantém as despesas controladas. Para colocar essa lógica em prática, é necessário controle para aumentar a produtividade ao mesmo tempo em que os custos são otimizados - o famoso "fazer mais com menos". A boa notícia que o avanço tecnológico possibilitou o desenvolvimento de soluções que auxiliam os profissionais a economizarem.

O empresário Gustavo Siuves listou cinco exemplos:
1 - Cartões pré-pagos
Quando o assunto é controlar gastos corporativos, cartões pré-pagos específicos para o ambiente empresarial surgem como as melhores opções. Isso porque a organização determina o valor que vai ser disponibilizado nos cartões dos funcionários, podendo conferir o extrato em tempo real para ver os gastos efetuados e não correndo o risco de ter problemas com a fatura, uma vez que o colaborador só vai gastar o saldo existente nesse meio de pagamento. A plataforma Acesso Empresas é um ótimo exemplo de ferramenta de controle através de cartões pré-pagos.

2 - Ferramentas de organização e tabulação
A boa gestão financeira passa especificamente pelo mapeamento completo das despesas que a empresa tem, inclusive com uma previsão aproximada de gastos emergenciais e imprevistos. Antes, essa tarefa era executada em planilhas e tabelas manuais, que levavam tempo para serem construídas e, principalmente, decifradas. Hoje, há inúmeras aplicações de organização e tabulação que fazem isso de forma automática.

3 - Controle de gastos e orçamentos
Um dos grandes vilões das despesas corporativas é o gasto excessivo com suprimentos e produtos recorrentes. Na maioria dos casos, as empresas não regulam essa despesa justamente por ser contínua, como material de escritório. Contudo, é possível economizar uma quantia considerável se o controle dos custos com fornecedores e orçamentos for maior por meio de plataformas tecnológicas.

4 - Sistemas de emissão de notas fiscais
Já imaginou pagar um tributo maior a cada transação feita por um erro de preenchimento da nota fiscal do produto ou serviço que oferece? Essa é uma realidade bem comum por falhas que podem ocorrer na emissão desse documento obrigatório. Contudo, não precisa ser assim, uma vez que há tecnologias próprias para a confecção da nota fiscal, garantindo conformidade com as leis tributárias, proporcionando mais agilidade e rapidez e, sobretudo, reduzindo o desperdício no pagamento de impostos e taxas.

5 - Plataformas de gestão
Por fim, é essencial que o gestor tenha uma visão completa de todos os processos relacionados à empresa para identificar onde estão os maiores gastos e, principalmente, quais áreas podem economizar mais. Dessa forma, as plataformas ERP também são importantes aliadas na tarefa de controlar os gastos corporativos por conseguirem centralizar todas as ações em uma única solução e oferecendo a rápida tomada de decisão. Explica Gustavo Siuves, CCO da Acesso

Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp