23/06/2021 às 14h45min - Atualizada em 23/06/2021 às 18h00min

AMARO é uma das vencedoras do Prêmio WEPs Brasil 2021

A Retail Tech foi reconhecida pelas suas iniciativas inovadoras e exemplares relacionadas à equidade de gênero

SALA DA NOTÍCIA Bruna
A AMARO, como uma marca inspirada na vida das mulheres e que conta com 70% de presença feminina na empresa, tem o compromisso de desenvolver e implementar iniciativas que promovem a equidade de gêneros. A marca retail tech de lifestyle toma os Princípios de Empoderamento das Mulheres (WEPs, sigla em inglês de Women 's Empowerment Principles) como base para suas ações e como ferramenta de gestão. Essas práticas foram reconhecidas pelo Prêmio WEPs Brasil 2021 e colocaram a AMARO como destaque na categoria Ouro entre as Médias Empresas.

O Prêmio tem como propósito incentivar e reconhecer os esforços das empresas que promovem a cultura da equidade de gênero e o empoderamento da mulher no Brasil.

Em cerimônia online transmitida no Canal ONU Mulheres Brasil no Youtube nesta segunda, 21 de junho, foram anunciadas as empresas vencedoras, entre elas a AMARO pela sua postura holística ao olhar para o ambiente interno, para sua comunidade e por seu posicionamento na promoção de iniciativas afirmativas nas questões de gênero.

A empresa, que tem 60% de mulheres na liderança, tem uma frente exclusiva de empoderamento feminino em seu comitê de diversidade, o que se reflete em significativas iniciativas internas e externas. Internamente, a AMARO, em apenas dois anos, obteve avanços consideráveis: aumentou em três vezes o número de mulheres nas áreas de Tecnologia e Dados e triplicou o número delas nos cargos de diretoria.

Para sua comunidade, trabalha apoiando projetos como O Plano de Menina, que prepara jovens mulheres da periferia para o mercado de trabalho por meio de workshops e mentorias, em que criou ao menos 10 oportunidades de primeiro emprego; e como o AfroTalentos, oficinas para afroempreendedores; e é membro do Programa Empresa Cidadã. Ainda promove informações sobre saúde feminina, como a campanha de alerta ao SUA (sangramento uterino anormal), realizada em 2020.

O posicionamento da AMARO também é um grande esforço para estimular a cultura da equidade: coleções de moda com tamanhos estendidos que atendem a corpos diversos pequenos e grandes, conteúdo online que conta histórias inspiradoras sobre mulheres líderes - Women who Lead - com participação da Paola Carosella, Vivi Duarte e Bárbara Soalheiro nas edições de 2019 e 2020, e diversidade racial e de corpos em sua comunicação.

"Nós acreditamos que a promoção do empoderamento econômico e a liderança das mulheres é capaz de suscitar o crescimento saudável e inclusivo da nossa sociedade e das empresas, por isso nos mobilizamos cada vez mais em ações e debates que discutam e incentivem mudanças de comportamento e posturas que visam equidade", comenta Isadora Gabriel, diretora de pessoas da AMARO.

A marca criou, neste ano, o Dia do Trabalho Invisível, um momento simbólico celebrado no dia 2 de maio. A data - um dia depois do Dia Internacional do Trabalho -, foi escolhida para representar a segunda jornada de trabalho das mulheres, que começa quando o horário comercial termina. Com o objetivo de dar visibilidade ao tema, abrir espaço para reflexões e propor planos de ação para diminuir o problema da sobrecarga sobre as mulheres, a AMARO criou o site www.trabalhoinvisivel.com com conteúdos relacionados ao assunto, números, curiosidades e um quiz dedicado ao trabalho invisível como ferramenta para auxiliar na divisão de tarefas.

Além de comunicação voltada para o tema e da união com mais 30 marcas parceiras em prol da causa, AMARO fechou uma parceria com o Zenklub, plataforma de saúde mental para oferecer descontos na primeira consulta com psicólogos, terapeutas e coaches e acesso gratuito aos conteúdos do APP até dezembro de 2021, às suas seguidoras que quiserem suporte para lidar com questões decorrentes do excesso de tarefas.

O Prêmio WEPs Brasil 2021 tem o objetivo de estimular as empresas brasileiras a adotarem o propósito de implantar uma cultura de equidade de gênero nas organizações e na sua cadeia de fornecedores, tomando como base os Princípios de Empoderamento das Mulheres (WEPs). Os WEPs contemplam as dimensões de igualdade de gênero da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas e incluem entre outros direcionamentos: salário igual para trabalho de igual valor, práticas de cadeia de fornecimento que respondem ao gênero e tolerância zero contra o assédio sexual no local de trabalho.

De acordo com a organização, a premiação representa a convergência de interesses de todas as instituições envolvidas na sua criação em contribuir com a valorização e o empoderamento das mulheres nas empresas, no ambiente de trabalho e na comunidade. A iniciativa é reconhecida pela Organização das Nações Unidas (ONU), por meio do United Nations Global Compact (Pacto Global da ONU) e pela United Nations Women (ONU Mulheres), com suas representações brasileiras, a Rede Brasileira do Pacto Global da ONU e a ONU Mulheres no Brasil.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Informações indisponíveis

0