12/03/2020 às 06h44min - Atualizada em 12/03/2020 às 06h44min

Polícia Civil investiga suposto atentado em Timbó Grande

Jovem capotou o carro e ficou gravemente ferido. Ele afirma que foi perseguido

Reporte Marcos Antonio - Marcos Imprensa
Caçador Net
Um jovem 23 de anos sofreu inúmeros ferimentos após capotar o carro que dirigia em Timbó Grande. Ele afirma ter sido vítima de um atentado na noite da última segunda-feira, 9.

Segundo o rapaz, ele dirigia uma Pajero e teria sido fechado por uma caminhonete branca na Linha Cachoeira, no interior do município.

A Pajero capotou na estrada e o motorista teve vários ferimentos pelo corpo. O jovem acredita ter sido confundido contra outra pessoa.

Ele foi socorrido e encaminhado ao Hospital de Timbó Grande e depois transferido para o Hospital Maicé, em Caçador.

Em imagens que circulam nas redes sociais, o carro tem algumas marcas que parecem tiros, embora essa situação não seja relatada no vídeo que um familiar da suposta vítima gravou no hospital.

Os fatos estão sendo apurados pela Polícia Civil de Timbó Grande. O delegado Cassiano Tiburski disse existem duas versões apresentadas.

A primeira é da vítima que acusa um policial militar como autor do atentado. O jovem diz que o policial usou seu veículo para impedir sua trajetória e ainda fez disparos de arma de fogo.

Já o policial nega as acusações. Ele alega que estava em casa no momento dos fatos e que ficou sabendo do ocorrido apenas no dia seguinte.  

"Outras pessoas serão ouvidas. Além disso foi realizada perícia no local para saber se houve um segundo veículo envolvido no acidente e se houve disparo de arma de fogo", disse o delegado.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp