28/06/2021 às 15h03min - Atualizada em 29/06/2021 às 00h00min

Universidades europeias aceitam a nota do Enem 2020

Conheça as instituições da Europa que aceitam a avaliação do Enem

SALA DA NOTÍCIA Fernanda dos Santos

Com a chegada dos vestibulares do meio do ano no Brasil, muitos estudantes buscam uma segunda oportunidade para começar a trajetória do ensino superior em busca de uma carreira após os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio - Enem. Apesar da maioria das seleções serem concentradas no início do ano, instituições de ensino ao redor do mundo também garantem a oportunidade de ingresso a partir do segundo semestre. 
 

Com a flexibilização da pandemia da Covid-19 e a reabertura de fronteiras internacionais, algumas instituições na Europa estão aceitando a pontuação do Enem 2020 como método de entrada, mas os procedimentos variam de acordo com o protocolo estabelecido de cada universidade. 
 

Para ajudar os estudantes a conhecerem e fazerem suas escolhas pelas instituições europeias, o fundador da Universidade do IntercâmbioMatheus Tomoto,  que dedica mais de 5 anos da sua carreira para auxiliar os estudantes brasileiros a encontrarem as melhores oportunidades de ensino e trabalho no exterior, selecionou algumas informações sobre xx instituições de ensino superior do exterior que aceitam a pontuação do exame em 2021. 
 

Muitas instituições de ensino superior na Europa aceitam o Enem como forma de ingresso, principalmente em Portugal, onde existe, desde 2014, um acordo de cooperação internacional entre o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - Inep e as instituições de ensino locais, que garantem o convênio de mais de 50 instituições de ensino entre Brasil e Portugal. Cada universidade tem seu próprio calendário e seus critérios individuais para os programas de ingresso. Confira algumas delas:

 

Portugal

Universidade de Algarve (UAlg) - As inscrições seguem abertas até 17 de julho, com mais de 200 vagas disponíveis, para 42 cursos. 

Universidade de Coimbra (UC) - A Universidade de Coimbra tem o maior número de vagas disponíveis para brasileiros a partir do Enem. São mais de 500 vagas distribuídas, em 48 cursos. As inscrições podem ser realizadas até 06 de agosto. 

 

França

Além da pontuação mínima exigida para o Enem, para estudar na França é necessário comprovar que domina a língua francesa e ter boas notas no histórico escolar. O estudante também pode aplicar, a partir da aprovação, em alguma graduação brasileira que tenha o curso semelhante ao que deseja na instituição de ensino francesa escolhida. Universidades como Université Paris-Sud e École Normale Supérieure ainda estão aceitando o ingresso via Enem, em 2021. Todas as informações podem ser esclarecidas pelos e-mails das instituições. E os prazos alteram de acordo com o período letivo de cada universidade. 

 

Reino Unido

Universidade de Bristol - Mesmo com a pontuação do Enem, o estudante precisa realizar a inscrição no Serviço de Admissão em Universidades e Faculdades (UCAS). Segundo o site da universidade, a presença da população brasileira cresce a cada dia mais nos campi. Um a cada quatro estudantes estrangeiros na Bristol é brasileiro. As datas de admissão devem ser consultadas devido aos protocolos da Covid-19. 

Oxford - Uma das maiores universidades do mundo também aceita o Enem como um dos critérios de avaliação para futuros estudantes. Em conjunto, é preciso elaborar uma carta de motivação e passar pelo UCAS. As inscrições seguem até outubro de 2021. 

Matheus reforça que apesar das possibilidades que os estudantes podem ter a partir da pontuação do Enem, é importante estar atento a outras modalidades de candidaturas para essas instituições. Em um dos maiores programas do país sobre mentorias para oportunidades no exterior, o M60, Tomoto e sua equipe ensinam mais de 60 caminhos para conquistar o sucesso internacional em instituições de ensino, locais de trabalho e experiências que podem agregar ao currículo dos estudantes. “Existe um oceano de oportunidades esperando pessoas que queiram fazer a diferença no mundo, e no M60 nós ajudamos estes estudantes a encontrarem a porta de entrada para suas realizações e sucesso”, completa. 


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Informações indisponíveis

0