31/03/2020 às 18h51min - Atualizada em 01/04/2020 às 00h03min

Pesquisa mostra que 51% dos brasileiros farão compras online devido ao coronavírus

No Brasil, estima-se que, praticamente, 60% das pessoas passem a comprar itens que não costumavam consumir. Além disso, a pesquisa “Comportamento do consumidor após o coronavírus”, realizada pela Qualibest durante o mês de março, concluiu que 51% dos consumidores passarão a comprar mais produtos pela internet.

DINO
https://www.tulipababy.com.br/

O coronavírus (COVID-19) está presente em todo o mundo e começou a influenciar diretamente a dinâmica de compra do consumidor. No Brasil, estima-se que, praticamente, 60% das pessoas passem a comprar itens que não costumavam consumir. Além disso, a pesquisa “Comportamento do consumidor após o coronavírus”, realizada pela Qualibest durante o mês de março, concluiu que 51% dos consumidores passarão a comprar mais produtos pela internet.

De acordo com a pesquisa, o cenário atual aponta que quase 15% dos brasileiros estão comprando apenas o necessário, e 30% passaram a fazer suas compras em horários menos movimentados para evitar aglomerações. Dos mais de 3.000 entrevistados, 34% diz buscar opções de mercados ou comércios pequenos, enquanto 45% prefere fazer compras maiores para diminuir as saídas.

E-commerce tem alta de 40% na primeira quinzena de março

De acordo com dados do levantamento feito pela Compre & Confie (empresa especializada em inteligência de mercado e que mede a força do e-commerce brasileiro), nos primeiros 15 dias de março, registrou-se alta de 40% nas vendas feitas pela internet.

Os produtos que demonstraram maior número de vendas se encaixam nas categorias: saúde (aumento de 111%), beleza e perfumaria (83%) e supermercados (80%). Os dados foram analisados em um relatório apresentado pela Compre & Confie, em parceria com a ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico), que levou em consideração o desempenho do e-commerce frente ao mesmo período de 2019.

De acordo com a Compre & Confie, a estimativa é de que o cenário prossiga dessa maneira, com brasileiros adotando cada vez mais o e-commerce em suas compras, principalmente nas categorias de produtos considerados básicos ao dia a dia, em decorrência do crescente número de casos da COVID-19.

Empresas devem buscar maior engajamento digital

A ABComm afirma que esse é o momento das empresas buscarem maior presença digital. Aquelas que ainda não vendem online precisam encontrar formas de levar seus produtos para a internet. Hoje em dia, existem meios simples e rápidos para a adoção do e-commerce, sem que haja necessidade de grandes investimentos. Os negócios que não adotarem o comércio online estarão em grande desvantagem, correndo o risco de não conseguirem sobreviver à crise do coronavírus.

É possível montar um quarto infantil completo pela internet

Os pais que estão planejando montar um quarto infantil completo buscam os melhores produtos para seus filhos, e a TulipaBaby possibilita escolhas com o melhor custo-benefício ao oferecer móveis funcionais, duráveis e de alta qualidade.

A TulipaBaby é uma loja de móveis infantis que tem como principal missão comercializar produtos diferenciados, priorizando qualidade, durabilidade, utilidade, segurança e a satisfação dos pais. O miniberço Moisés, por exemplo, foi desenvolvido para pais que buscam um berço leve, compacto, mas também durável e seguro. O berço é confeccionado em madeira maciça e permite suave balanço para ninar o bebê.

Além do miniberço Moisés, no site, é possível conferir todo o catálogo de produtos para um quarto infantil completo, com móveis diversos, berços de madeira, poltronas e enxovais, além de decoração, itens para mamães, com a finalidade de aumentar a segurança de bebês e de crianças pequenas, todas suas cômodas acompanham kit antitombamento.

 



Website: https://www.tulipababy.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »