26/08/2022 às 00h47min - Atualizada em 24/09/2022 às 11h00min

Mary Kay anuncia os resultados do Projeto Aldeia Piloto ODS na China (2017-2021) acompanhados de relatório de impacto e vídeo

Projeto demonstra efeito multiplicador do empreendedorismo feminino na promoção dos ODS em nível local

DINO

As mulheres rurais englobam um quarto da população mundial e são a sustentação de suas economias, compreendendo cerca de 40% da força de trabalho agrícola nos países em desenvolvimento como agricultoras, assalariadas e empreendedoras.1 Apesar de suas contribuições decisivas às economias locais, elas continuam a enfrentar barreiras estruturais para a posse de ativos, a igualdade de remuneração, a participação em fóruns de tomada de decisão e o acesso a recursos e mercados. Além disso, as normas culturais fazem com que as mulheres assumam a maior parcela de responsabilidade pelo cuidado não remunerado e pelo trabalho doméstico.2

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20220825005016/pt/

Women from the Art Ensemble “Huobonuoma,” or “Daughters of the Moon,” showcasing their Yi embroidered costumes, an ancient handcraft representing the cultural heritage of the Yi ethnic group. (Photo: Courtesy of Waipula Villagers)

Women from the Art Ensemble “Huobonuoma,” or “Daughters of the Moon,” showcasing their Yi embroidered costumes, an ancient handcraft representing the cultural heritage of the Yi ethnic group. (Photo: Courtesy of Waipula Villagers)

Women from the Art Ensemble “Huobonuoma,” or “Daughters of the Moon,” showcasing their Yi embroidered costumes, an ancient handcraft representing the cultural heritage of the Yi ethnic group. (Photo: Courtesy of Waipula Villagers)

Ao reconhecer que a melhoria da vida das mulheres rurais é essencial para combater a pobreza e alcançar o desenvolvimento sustentável, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) da China e a Mary Kay, em colaboração com a Fundação para o Desenvolvimento da Mulher na China, o Centro Internacional de Intercâmbio Econômico e Técnico da China, a Federação de Mulheres da Província de Yunnan e o governo do condado de Yongren, lançaram em 2017 o Projeto Aldeia Piloto ODS em Waipula, na província de Yunnan, na China.

O projeto conjunto, intitulado “Projeto Aldeia Piloto ODS: diminuição da pobreza e desenvolvimento sustentável orientado para as mulheres” (2017-2021), abordou os desafios estruturais para a participação feminina no mercado de trabalho, inclusive através do fornecimento de proteção social e da criação de oportunidades empresariais ecológicas através do ecoturismo, integradas aos esforços para fortalecer a liderança das mulheres nos fóruns comunitários de tomada de decisão.

As mulheres da etnia Yi se tornaram os fatores decisivos para o crescimento econômico e a redução da pobreza por meio de intervenções específicas direcionadas para cada gênero, que promoveram uma economia local inclusiva e a preservação de sua herança cultural. Essas atividades provocaram mudanças revolucionárias em nível local, estimulando o avanço da igualdade de gênero e acelerando o desenvolvimento sustentável.

“Este projeto mostra como o empreendedorismo pode ser uma ferramenta poderosa no combateàdiferença de renda entre homens e mulheres enquanto se combate a pobreza nas áreas rurais”, afirmou Beate Trankmann, representante residente do PNUD na China. “As mulheres Yi ganharam as habilidades e os recursos adequados para aproveitar sua herança cultural, desenvolveram bases econômicas sólidas para si mesmas e se tornaram líderes em suas comunidades, abrindo caminho para as futuras gerações.”

O projeto piloto destaca o potencial das parcerias com diversas partes interessadas, entre elas o setor privado, para promover os Objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS) e potencializar o impacto transformador do empreendedorismo feminino. O PNUD da China, ao lado da Mary Kay chinesa e de parceiros do setor público local, trabalhou com empreendedoras para garantir que elas tivessem as ferramentas e a formação necessárias para se tornarem agentes econômicos. As barreirasàparticipação feminina nas estruturas comunitárias de tomada de decisão também foram abordadas para que pudessem contribuir ativamente na criação de uma economia ecológica local inclusiva e sustentável.

“O Projeto Aldeia Piloto ODS demonstra como o setor privado pode desempenhar um papel fundamental para ajudar a atingir os ODS com foco vigoroso no empoderamento econômico das mulheres e apresenta um plano de como as empresas podem aproveitar seus pontos fortes únicos e acelerar os resultados do desenvolvimento através de parcerias público-privadas”, declarou Deborah Gibbins, diretora operacional da Mary Kay Inc.

“A abordagem de oferecer oportunidades empresariais às mulheres rurais provou ser transformadora. Quando as mulheres começaram a participar do desenvolvimento econômico e, por consequência, ganharam prestígio em suas comunidades, toda a aldeia foi beneficiada”, salientou Wendy Wang, presidente da região Ásia-Pacífico da Mary Kay.

Os resultados da 1.ª fase do projeto apresentam provas convincentes do efeito transformador que uma abordagem sensível às questões de gênero pode ter na regionalização dos ODS e na concepção de políticas e respostas programáticas para uma recuperação ecológica e inclusiva após a pandemia de Covid-19.

O projeto contribuiu para os 12 ODS abaixo:

  • Objetivo 1. Erradicação da pobreza
  • Objetivo 2. Fome zero
  • Objetivo 3. Saúde e bem-estar
  • Objetivo 4. Educação de qualidade
  • Objetivo 5. Igualdade de gênero
  • Objetivo 6. Água potável e saneamento
  • Objetivo 8. Trabalho decente e crescimento econômico
  • Objetivo 9. Indústria, inovação e infraestrutura
  • Objetivo 10. Redução das desigualdades
  • Objetivo 15. Vida terrestre
  • Objetivo 16. Paz, justiça e instituições eficazes
  • Objetivo 17. Parcerias e meio de implementação

Projeto Aldeia Piloto ODS – Principais realizações da 1.ª fase (2017-2021)

  • Com a contribuição do projeto para a campanha de redução da pobreza na China, a proporção de aldeões que vivem abaixo da linha nacional da pobreza caiu de 28% (2017) para 0% em (2020), em Waipula;
  • Por meio de treinamento e capacitação, 60 famílias e 193 pessoas que viviam abaixo da linha da pobreza saíram dessa faixa até 2020;
  • 210 trabalhadores migrantes sazonais e 120 trabalhadores migrantes de longa duração, a maioria mulheres, conseguiram voltar para casa e encontrar um emprego ou iniciar um negócio próprio;
  • 607 mulheres locais encontraram emprego e aumentaram sua renda, com o surgimento de líderes comunitárias que assumiram funções como membros de comitês das aldeias e gerentes na hospitalidade e nas artes locais, e
  • A renda per capita das pessoas subiu para RMB 14.128 em 2021.

Para compartilhar a história do Projeto Aldeia Piloto ODS, a Mary Kay e seus parceiros lançaram:

  • Relatório de impacto da 1.ª fase intitulado “Piloto de regionalização dos ODS em aldeia – Projeto de redução da pobreza e desenvolvimento sustentável centrado na mulher na província de Yunnan, na China”, que salienta a gênese, os meios de implementação e os resultados do projeto promovidos através de um processo de desenvolvimento respaldado por diversas partes interessadas. Leia o Relatório de impacto aqui.
  • Um vídeo intitulado “Filhas da lua” com três mulheres líderes de Waipula: Yongyan Zhu, Xuefang Xia e Shiqiong Han falam das mudanças vivenciadas pessoalmente por meio do empreendedorismo. As representantes parceiras também descrevem as transformações econômicas, ambientais e sociais da aldeia. Assista ao vídeo de 11 minutos aqui.

O PNUD da China e os parceiros do projeto entrarão em breve na 2.ª fase (2022-2024), que tem como objetivo:

  • Acelerar o empreendedorismo: ampliar a capacidade dos aldeões, especialmente das mulheres, e aumentar sua renda;
  • Promover a diversidade e a inclusão: proteger a cultura étnica local e capacitar as mulheres, e
  • Avançar no desenvolvimento ecológico: proteger o meio ambiente natural e promover aldeias sustentáveis.

Pelo segundo ano consecutivo, o Projeto Aldeia Piloto ODS foi selecionado para o Reuters Events Responsible Business Awards na categoria “Prêmio Pioneiro dos ODS”. A cerimônia de premiação ocorrerá em 13 de outubro, em Londres.

Sobre a Mary Kay

Uma das precursoras do combateàdiscriminação contra as mulheres, Mary Kay Ash fundou sua empresa de beleza dos sonhos em 1963 com um objetivo: melhorar a vida das mulheres. Esse sonho se materializou na forma de uma empresa multibilionária, com milhões de vendedores independentes em quase 40 países. Como uma empresa de desenvolvimento do empreendedorismo, a Mary Kay tem o compromisso de capacitar mulheres em sua jornada por meio da educação, mentoria, defesa de direitos, networking e inovação. A Mary Kay dedica-se a investir na ciência por trás da beleza e a fabricar produtos de vanguarda para cuidados com a pele, cosméticos coloridos, suplementos nutricionais e fragrâncias. A Mary Kay acredita em melhorar a vida hoje para um amanhã sustentável, fazendo parcerias com organizações de todo o mundo com foco na promoção da excelência empresarial, no apoioàpesquisa do câncer, no avanço da igualdade de gênero, na proteção de sobreviventes de abuso doméstico, no embelezamento de nossas comunidades e em incentivo às crianças para que sigam seus sonhos. Saiba mais em marykayglobal.com, encontre-nos no Facebook, Instagram e LinkedIn, ou siga-nos no Twitter.

Sobre o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD)

Como agência líder das Nações Unidas para o desenvolvimento internacional, o PNUD está presente em 170 países e territórios para erradicar a pobreza e reduzir a desigualdade. Ajudamos os países a desenvolver políticas, habilidades de liderança, habilidades de parceria, capacidades institucionais e a criar resiliência para alcançar os Objetivos de desenvolvimento sustentável. O trabalho do PNUD está concentrado em três áreas principais: desenvolvimento sustentável, governança democrática e criação da paz, e resiliência climática e a desastres. www.undp.org

Sobre o Centro Internacional de Intercâmbio Econômico e Técnico da China (CICETE)

Subordinado diretamente ao Ministério do Comércio, o CICETE foi fundado em 1983 com a aprovação do Conselho de Estado. A principal função do CICETE, conferida pelo Ministério, é coordenar a cooperação entre a China, o PNUD e a Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO), o que inclui a execução de seus programas de assistência na China e a gestão de projetos de fornecimento de bens em geral, projetos do Fundo de AssistênciaàCooperação Sul-Sul e projetos de capacitação no âmbito do programa Ajuda da China para outros países em desenvolvimento. www.cicete.org.cn/en/

Sobre a Fundação para o Desenvolvimento da Mulher na China (CWDF)

A Fundação para o Desenvolvimento da Mulher na China é uma fundação da AAAAA criada pela Federação de Mulheres da China em 1988. É uma fundação pública nacional que arrecada recursos da China e de outros países e regiões. A missão da CWDF é proteger os direitos e interesses das mulheres, melhorar a qualidade da vida feminina e promover o desenvolvimento das mulheres e de suas causas no país para contribuir com o desenvolvimento de uma sociedade harmoniosa. www.cwdf.org.cn/en/

1 Organização Internacional do Trabalho. (2018). Rural women at work: Bridging the gaps.(Mulheres rurais no trabalho: redução das distâncias) https://www.ilo.org/global/topics/equality-and-discrimination/publications/WCMS_619691/lang--en/index.htm

2 United Nations. (21 de outubro de 2021). Dia internacional da mulher rural. https://www.un.org/en/observances/rural-women-day

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.


Contato:

Mary Kay Inc.

Comunicações corporativas

[email protected]

+1-972-687-5332

Mary Kay da China

Leo Zhou

Diretor, Assuntos Públicos

[email protected]

+86 1068349333


Fonte: BUSINESS WIRE


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp