21/05/2020 às 20h09min - Atualizada em 21/05/2020 às 20h09min

Justiça ouve testemunha em audiência virtual após localizá-la no interior da Itália

O magistrada explica que o oficial de justiça havia certificado

Taina Borges TJSC- comarca de Videira
A juíza Marta Regina Jahnel, da Vara Criminal da comarca de Videira, ouviu em audiência virtual nesta semana uma testemunha localizada dias antes pelo aplicativo WhatsApp em sua residência na Itália. A sessão, realizada por meio da plataforma PJSC-Conecta na última terça-feira (19/5), integra processo no qual um acusado responde preso preventivamente desde fevereiro deste ano, por furto qualificado, já que é reincidente e tem vários antecedentes criminais.

 

A magistrada explica que o oficial de justiça havia certificado insucesso na intimação da testemunha, pois ela havia mudado de endereço para a Europa. Pelo aplicativo de mensagens, entretanto, conseguiu informá-la da audiência. "Nesse primeiro contato se mostrou bastante solícita e disse que tentaria participar do ato, já que as atividades econômicas no país onde reside estariam voltando e teria a questão do fuso horário a observar".

 

Também pelo WhatsApp, ela posteriormente confirmou a participação por videoconferência.  O cartório da unidade alinhou a questão da agenda com a testemunha, já que há uma diferença de cinco horas do local onde se encontra em relação ao horário no Brasil. Através da plataforma disponibilizada pelo TJSC, foi possível ouvi-la diretamente da província de Novara, pertencente à região de Piemonte.

 

"Com isso, foi possível a conclusão da instrução de mais um processo de réu preso nesse cenário tão delicado e excepcional de mitigação dos riscos decorrentes da doença causada pelo coronavírus, no qual se busca a manutenção contínua da prestação jurisdicional", destaca a juíza. 

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »