27/05/2020 às 08h54min - Atualizada em 27/05/2020 às 08h54min

Auxílio de R$200: Guedes e Bolsonaro confirmam quarta parcela

Presidente diz ter conversado com Paulo Guedes sobre assunto, mas ressalta que valores não estão definidos

Repórte Marcos Antonio - Marcos Imprensa

Metrópole Bolsonaro confirma quarta parcela do auxílio emergencial 22 de maio de 2020  Paula PartykaPresidente diz ter conversado com Paulo Guedes sobre assunto, mas ressalta que valores não estão definidos

O presidente Jair Bolsonaro confirma que deve haver uma quarta parcela do auxílio emergencial, com um valor reduzido, e disse que pode haver também o pagamento de uma quinta parcela, que seria menor do que a quarta. Bolsonaro diz ter conversado com o ministro da Economia, Paulo Guedes, mas disse que os valores ainda não estão definidos.

“Conversei com o Paulo Guedes que nós vamos ter que dar uma amortecida nisso aí. Vai ter a quarta parcela, mas não de R$600. Não sei quanto vai ser, R$300, R$400. E talvez tenha a quinta, talvez seja R$200 ou R$300. Até para ver se a economia pega”, dize Bolsonaro, em entrevista à rádio Joven Pan.

Em reunião com empresários nesta semana, Guedes diz estar avaliando reduzir o valor do auxílio para R$200, após o pagamento da terceira parcela. A possibilidade é uma das formas de fazer com que o programa seja encerrado de forma gradual, como defende Guedes.

Na versão original do projeto, a equipe econômica previa que o auxílio emergencial  criado para mitigar os efeitos da crise do coronavírus .
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »