10/07/2020 às 13h33min - Atualizada em 10/07/2020 às 14h33min

Resgate de memórias afetivas contribui para suportar o isolamento social

Religioso aproveitou a quarentena para atualizar galeria virtual com fotografias de viagens pelo mundo

DINO
https://www.facebook.com/Galeria-Virtual-Agenor-Chiarinelli-1607224055994295

A quarentena tem levado muitas pessoas a colocar em dia o que a falta de tempo livre em casa não permitia antes do isolamento social. Faxina no armário, organização de documentos, prática de antigos hobbies e revisão de coleções ou memórias são exemplos de atividades que podem dar novo sentido a esse período.

É o caso do frei agostiniano Agenor Chiarinelli, que está aproveitando o tempo para analisar o grande acervo fotográfico que colecionou ao longo dos anos em viagens pelo mundo. "Temos agora a oportunidade de rever aquilo que precisa ser revisto. Como tenho muitas fotos e já precisava organizá-las, aproveitei a quarentena e essa atividade ocupou bastante o meu tempo, o que contribuiu para que eu ficasse menos ocioso e preocupado. A experiência foi muito boa nesse sentido", celebra. Com as fotos de 17 cidades organizadas, bem como outras miscelâneas, frei Agenor atualizou a galeria virtual que criou no Facebook para compartilhar registros inéditos com amigos, familiares e interessados em cultura, viagens e fotografia.

A atualização da galeria virtual, que existe há alguns anos, revitalizou o projeto e surpreendeu até mesmo o fotógrafo. "Pesquisei as fotos álbum por álbum no computador. Muitos registros que eu achava que estavam perdidos, malfeitos, escuros ou claros demais, tive a paciência de melhorá-los. Foi uma surpresa muito grande redescobrir fotos lindas que estavam totalmente esquecidas, tanto que montei oito álbuns", conta.

Entre os registros da Galeria Virtual Agenor Chiarinelli, existem fotos da arquitetura e belezas naturais de locais como Barcelona (Espanha), Istambul (Turquia), Veneza (Itália) e Ouro Preto (Brasil). Além disso, os álbuns temáticos mostram registros de monumentos, barcos e flores feitos pelo religioso da Ordem de São Agostinho. O olhar único dele marca presença nas mais de 700 fotos que estão, agora, compartilhadas para quem tenha interesse em descobrir novos pontos de vistas e se conectar ao mundo. "Sempre me interessei por detalhes de pessoas, coisas, objetos, paisagens. Por isso, minhas fotos são ricas nos detalhes; não no conjunto", explica.

O público que já seguia o trabalho também gostou das atualizações. Agenor conta que nunca divulgou muito a galeria virtual, mas que, com as postagens recentes da Espanha, sentiu um aumento da resposta. "As pessoas estão na mesma situação; muita gente está em casa, enjoada de fazer as mesmas coisas. Aí ‘entram’ no computador e veem uma coisa diferente", relata.

A relação de Agenor com a fotografia vem da adolescência, quando ganhou a primeira máquina fotográfica e, desde então, buscou aprender as técnicas da arte, seja analógica ou digital, para registrar o que achava interessante. É com empolgação que ele comenta sobre o relacionamento com a fotografia. "Me lembro de um curso em que o professor levou 10 participantes ao parque municipal e pediu que todos tirassem foto de um mesmo local. Entre os 10 registros, não houve foto igual. Cada fotógrafo tem seu olhar. A fotografia é mesmo surpreendente."



Website: https://www.facebook.com/Galeria-Virtual-Agenor-Chiarinelli-1607224055994295
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »