22/11/2022 às 18h30min - Atualizada em 22/11/2022 às 18h30min

Imagens que mostram paralisação de portos de SC por bloqueios de caminhoneiros são falsas

Portos de Itajaí, Imbituba, Navegantes e São Francisco do Sul operam normalmente nesta terça-feira (22)

Redação - Marcos Imprensa

Imagem do Porto de Itajaí (à esquerda) e foto falsa que mostra paralisações (à direita) – Foto: Reprodução/ND
As imagens que circulam na web com embarcações paralisadas nos portos de Santa Catarina, devido a supostos bloqueios de caminhoneiros, são falsas. As movimentações seguem normalmente nos portos de Itajaí, Imbituba, Navegantes e São Francisco do Sul nesta terça-feira (22).

Em Imbituba, no Sul do Estado, o porto está operando com um navio atracado e sem fila de espera para atracação. Está programada a chegada de outro um navio ainda nesta terça.

As portarias de acesso seguem recebendo caminhões normalmente, com uma média de 370 acessos diários desde a última quarta-feira (16), segundo a assessoria do porto, que destaca a grande variação do número de acessos diários conforme a programação de recebimento e envio de cargas dos terminais.

A Apm Terminals de Itajaí, que responde por toda a movimentação de contêineres no Porto de Itajaí, também confirma que a operação está normal. “É falsa a informação de movimentação prejudicada ou navios parados”, reforça.

No início da tarde desta terça, há quatro navios atracados e 39 esperando, conforme imagens em tempo real da autoridade portuária. A situação em Navegantes e São Francisco do Sul segue como o esperado, segundo as assessorias dos porto

“A Portonave está com operações normais até o momento. Nosso Gate (portão de entrada e saída de caminhões) está em média de 1,8 mil a 2 mil acessos por dia”, informou.

A Facisc (Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina) afirma que “eventualmente há algumas movimentações nesse sentido (de paralisação), mas sem muita efetividade até o momento”. Os portos em Santa Catarina seguem operando normalmente, enfatiza.

As paralisações de caminhoneiros ocorreram logo após o resultado  da eleição presidencial de outubro, que elegeu Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Um empresário ligado à federação afirmou que houve uma tentativa de paralisação no Porto de Paranaguá, no Paraná, mas não avançou.

Procurada, a Fiesc (Federação das Indústrias de Santa Catarina) também disse não haver informação de setores impactados por supostas paralisações.


O mesmo disse a Fetranscesc (Federação das Empresas de Transportes de Cargas e Logística no Estado de Santa Catarina), que afirmou apenas saber de alguns pontos de paralisação no Estado de São Paulo.

É possível analisar as movimentações de navios em tempo real pelo mundo no site MarineTraffic.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp