18/08/2020 às 15h21min - Atualizada em 18/08/2020 às 15h24min

Como a tecnologia ajuda a manter a produtividade do trabalhador em home office

Devido a esse novo cenário, o monitoramento, a gestão e o suporte à mobilidade corporativa se tornaram essenciais

DINO

O home office foi uma medida adotada pelas empresas para reduzir a curva de contágio da pandemia do coronavírus. Devido a esse novo cenário, o monitoramento, a gestão e o suporte à mobilidade corporativa se tornaram essenciais. Com os profissionais isolados, as empresas precisam coordenar as equipes a distância. Por isso, o gerenciamento eficaz é a chave para manter a produtividade do colaborador que trabalha remotamente e a redução de custos é, agora, mais importante do que nunca.

Para isso, existem soluções unificadas que fazem a gestão dos ativos de TI e Telecom, trazendo a visibilidade necessária e reduzindo os custos, além de gerenciar de maneira eficaz o uso de dispositivos móveis, otimizando as operações e facilitando o trabalho remoto.

Através destas ferramentas é possível restringir quais tipos de aplicativos podem ser baixados no equipamento móvel ou quais sites podem ser acessados.

É uma maneira de evitar o uso indevido do pacote de dados, impedindo ou limitando o acesso a plataformas de streaming ou redes sociais, que são conhecidas por contribuir com a dispersão do trabalho.

Também é possível configurar alertas que notificam os gestores de quando as configurações são modificadas nos dispositivos, garantindo, assim, a padronização do ambiente conforme as políticas definidas pela empresa.

Além disso, é possível delimitar o uso dos smarphones ou tablets corporativos em determinado horário, estabelecido pela empresa. Por exemplo: a partir das 18h, os aplicativos relacionados ao trabalho ficam indisponíveis, os usuários não conseguem mais utilizá-los. A adoção desse tipo de medida evita eventuais problemas com ações trabalhistas relacionadas à cobrança de horas extras.

A gestão de dispositivos móveis cria um ambiente homogêneo e padronizado, reduzindo o tempo de operação das equipes de suporte ou erros devido a configurações manuais. A distribuição de apps remotamente é um exemplo de padronização, onde o usuário se limita a utilizar somente os aplicativos disponibilizados pela empresa, garantindo mais segurança e aumento de produtividade no ambiente de trabalho.

Ainda é possível acompanhar a geolocalização, monitorar o nível de armazenamento e de bateria dos aparelhos de cada usuário. Estas informações podem ser essenciais para gestores de equipes de campo!

Soluções tecnológicas ajudam a manter a produtividade dos colaboradores que trabalham remotamente e são de grande importância para as empresas no momento em que a diminuição da atividade econômica requer redução de custos, aumento da produtividade e agilidade para acompanhar mudanças no mercado. Para isto, o comprometimento e o engajamento do trabalhador são fatores essenciais.

*Wally Niz é diretor de Marketing e Vendas da Navita, líder em serviços gerenciados de mobilidade, TI e telecom. navita@nbpress.com

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »