16/07/2021 às 15h31min - Atualizada em 17/07/2021 às 00h00min

Quais setores foram afetados positivamente durante a pandemia?

Quais impactos positivos a economia sofreu durante a pandemia?

SALA DA NOTÍCIA Victor Augusto de Alencar
Pixabay

Por causa da crise que estamos enfrentando com a disseminação do novo coronavírus, a economia vem sofrendo grande impacto. No início de 2020, diversas dúvidas surgiram quanto ao futuro do mercado de diversos setores.

Porém, após meses de pandemia, já conseguimos compreender, de fato, o real impacto e assim percebemos que ao longo dos meses o medo e a preocupação da falência se foram, e muitos setores já estão se aquecendo.

Neste momento de crise muitos setores conseguem desempenhar um excelente papel. Neste artigo vamos compartilhar a nossa visão sobre os setores que foram afetados positivamente no último ano. E com o objetivo que você possa melhorar o seu negócio, indicamos que você faça Cursos Online da área do empreendedorismo.

Então, pegue caneta e papel, e anote tudo que vamos lhe passar.

Vamos lá?

Setores que tiveram liquidez no primeiro semestre de 2020

No primeiro semestre de 2020 foi percebido que a pandemia também parece ter impacto no crescimento dos exits. Segundo algumas pesquisas, diversas startups que estavam mantendo as suas taxas de crescimento em torno de 30% – 40% ao mês, tiveram que lidar com uma queda na expansão. Porém, quando levamos em consideração as perspectivas das grandes empresas, percebemos que elas podem se beneficiar com esse cenário.

Quando analisamos o ponto de vista dos investidores, as adtechs foram as que mais atraíram o interesse das grandes companhias, trazendo assim a liquidez para os investidores no primeiro semestre de 2020. Logo atrás, vem o setor de FinTech, com seis M&As, seguido de FoodTech, RetailTech, EdTech e T.I.

O setor de HealthTech se destaca

Mencionaremos aqui sobre a trilha que os investimentos estão tomando em cada setor, com o objetivo de identificar quais as melhores chances de sucesso para os seus investidores.

É visto que a corrida contra o covid-19 fez com que muitos órgãos e agentes da saúde pública, fossem atrás de startups que tivessem alguma solução ou serviços para oferecer neste momento que o mundo vive. Seja para tirar alguma dúvida ou diagnosticar os pacientes, com a finalidade de gerenciar qual é o melhor turnos e leitos dentro dos hospitais ou até mesmo para fazer encomendas de medicamentos e outros equipamentos médicos.

Por isso, as startups que oferecem serviços de assistência médica, como kits aos consumidores, consultas digitais e dispositivos biométricos, também foram positivamente impactadas desde que a pandemia começou.

Entretenimento

Hoje, diversas casas de show estão fechadas por causa da disseminação do coronavírus, além dos eventos cancelados ou postergados, muitas empresas de compra e venda de bilhetes online viram suas receitas caírem bruscamente em 2020.

Porém, os Cursos Online com Certificado, lives, eventos digitais e drive-in tiveram uma grande procura, e neste ramo do entretenimento houve uma grande ascensão.

Plataformas de saúde e fitness

Sem poder sair de casa, muitos brasileiros estão se adaptando para fazer exercícios, e por isso buscam alternativas para isso.

A compra de cordas de pular e halteres cresceram em 70%, enquanto a demanda por yoga online aumentou em quase 66%.

Plataformas de trabalho remoto

Com muitas equipes trabalhando de casa, o famoso HomeOffice, as empresas precisaram se adequar a esse novo modelo, e por isso elas buscaram plataformas para fazer essas reuniões.

As plataformas como Zoom e Skype cresceram bruscamente desde o início da quarentena. De acordo com algumas pesquisas, o volume de pesquisas pela plataforma Zoom cresceu quase em 233% de fevereiro para março. E o Skype recebeu quase 1,5 milhão de buscas em março, enquanto a média mensal era de 700 mil.

Plataformas de streaming

Hoje é moda maratonar uma determinada série. As pesquisas da SEMrush revelam que as pesquisas por Disney+ cresceram em quase 44%, enquanto que as buscas por HBO Go e Netflix aumentaram entre 25% e 19%, respectivamente.

Entre a sociedade brasileira, a busca por Netflix no início do ano, teve um grande volume de pesquisas, totalizando quase 16 milhões de buscas na internet.

Plataformas de mensagem

Com a quarentena, os brasileiros passaram a utilizar muito os canais de mensagens online para se comunicar. Segundo algumas pesquisas, o WhatsApp, por exemplo, teve um crescimento de 82,73% nas buscas em lojas de aplicativos.

Empresas de delivery

Como as pessoas não estão saindo muito de casa, as empresas de delivery tiveram uma grande ascensão, como por exemplo: café da manhã, almoço, jantar, compras no supermercado e até mesmo os produtos dos pets.

Os aplicativos de delivery crescem a cada dia durante este período de quarentena. As pesquisas apontam que os serviços aumentaram, em média, 80%.

Além de dados globais, pesquisam apontam um recorte sobre os brasileiros em relação aos aplicativos de iFood e Uber Eats. O iFood cresceu em 50% o volume de pesquisas entre fevereiro e março deste ano, já o UberEats teve um aumento de 22,3% nas buscas.

Depois de ler sobre quais setores foram afetados positivamente durante a pandemia, você ficou com alguma dúvida?

Se você gostou do que leu, comente aqui embaixo sobre essas dicas e mande os resultados logo a seguir. E se quiser compartilhe essas dicas com os seus amigos e amigas.

Grande abraço e até o próximo post!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Informações indisponíveis

0