19/07/2021 às 12h00min - Atualizada em 19/07/2021 às 16h10min

Bichectomia: dr. Aquiles Rodrigues explica como funciona o procedimento de redução do tamanho das bochechas

Pouco invasiva, cirurgia tem valor estético e indicação funcional

SALA DA NOTÍCIA Salatiel Araújo
Para algumas pessoas, a busca por um rosto mais harmônico envolve a redução do tamanho das bochechas. Isso é possível por meio de um procedimento cirúrgico pouco invasivo, conhecido como bichectomia.
Na prática, a bichectomia consiste em retirar as bolas de Bichat, um tecido localizado abaixo das maçãs do rosto. Geralmente associado à estética, o procedimento também tem indicação funcional, como em casos nos quais a pessoa morde involuntariamente a parte interna das bochechas, o que pode provocar aftas e machucados.
A cirurgia, que costuma durar de 30 minutos a uma hora, pode ser realizada por cirurgião dentista ou cirurgião plástico e se caracteriza por ser minimamente invasiva.
Além disso, não há idade ideal para operar. Contudo, de acordo com o cirurgião dentista Aquiles Rodrigues, a bichectomia é mais recomendada a partir dos 18 anos, quando a face já atingiu um aspecto mais maduro.
“O procedimento é feito com anestesia local e, por ser pela parte interna da boca, a cicatrização é mais rápida, sem deixar marcas aparentes no rosto”, explica o especialista.
De acordo com ele, o pós-operatório não é complicado como o de cirurgias mais invasivas. “A recuperação do paciente é rápida. Inclusive, em algumas semanas, é possível observar as diferenças no rosto”, assegura.
O cirurgião dentista alerta, por outro lado, que a bichectomia é um procedimento irreversível. Desse modo, recomenda que o interessado faça uma avaliação com um especialista a fim de ter certeza de sua decisão.
“Apesar de o resultado acompanhar melhorias de estética e de qualidade de vida, é importante que o paciente saiba que a operação não pode ser revertida. De todo modo, a bichectomia proporciona um rosto mais fino e harmônico”, salienta o dr. Rodrigues.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Informações indisponíveis

0