24/05/2023 às 18h41min - Atualizada em 24/05/2023 às 18h41min

Homem vai parar na delegacia no Oeste de SC após publicação em rede social

Postagem acusava um policial de assassinato de forma caluniosa

Redação - Marcos Imprensa
NDMAIS

Uma publicação nas redes sociais falando sobre um policial da 2ª Companhia de Polícia Militar com sede em Xaxim, no Oeste de Santa Catarina, foi parar na delegacia. Um homem do município de Ipuaçu foi conduzido à delegacia na tarde da terça-feira (23) pelo crime de calúnia.
Homem fez uma publicação nas redes sociais caluniando o policial militar. – Foto: Polícia Militar/Divulgação/ND

Homem fez uma publicação nas redes sociais caluniando o policial militar. – Foto: Polícia Militar/Divulgação/ND



Segundo a polícia, a publicação imputava uma conduta criminosa inverídica a um policial militar. No post o homem pedia ao prefeito e vereadores de Ipuaçu que o “policial assassino” fosse afastado do município e ainda ameaçava acionar a “Record de Xanxerê” para que fossem tomadas providências.
A acusação do homem seria com relação a um confronto policial que ocorreu no município de Ouro Verde no fim de semana, no qual um homem acabou morto. 

Porém, o policial acusado estava prestando serviço em outro município e não teria participado da ocorrência, conforme alegava o homem. Devido ao crime de calúnia, o homem foi conduzido à delegacia de Polícia Civil para as medidas cabíveis.
Um homem de 31 anos morreu em um confronto com a PM (Polícia Militar) em Ouro Verde, por volta das 22h de sábado (20) durante um evento do município que contava com o policiamento das guarnições.


Conforme a PM, as guarnições realizavam o policiamento em um evento na cidade quando viram o homem em atitude suspeita. Diante dessa situação, os policiais tentaram realizar a abordagem, porém o suspeito sacou o revólver calibre 32 e tentou atirar contra os agentes.

A troca de tiros aconteceu na noite de sábado (20) durante um evento do município que contava com a segurança da polícia.  – Foto: Polícia Militar/Reprodução/ND

A troca de tiros aconteceu na noite de sábado (20) durante um evento do município que contava com a segurança da polícia.  – Foto: Polícia Militar/Reprodução/ND


Diante da ameaça, a guarnição atirou contra o homem. Após ser atingido, o suspeito foi socorrido pelos brigadistas do evento e pela equipe do Corpo de Bombeiros, contudo morreu ainda no local.

O homem, segundo a polícia, não possuía porte de arma de fogo e a arma localizada constava no registro que deveria ter sido destruída ainda no ano de 2012. Não foram divulgados detalhes de se o suspeito contava com histórico policial.



 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp