12/08/2021 às 17h21min - Atualizada em 13/08/2021 às 00h00min

UP Consórcios cresce mais de 130% em vendas por meio de parceiros no 1º semestre de 2021

E-commerce também segue em alta, com aumento de 55% nas vendas pelo canal

SALA DA NOTÍCIA Denise Almeida
https://www.upconsorcios.com.br/

Divulgação

O UP Consórcios, fintech da Embracon e primeiro consórcio 100% digital do Brasil, registrou um crescimento de 132% em vendas de cotas por meio de seus parceiros no primeiro semestre de 2021 comparado ao mesmo período de 2020. O e-commerce também seguiu a curva de crescimento, com alta de 55% nas vendas pelo canal. Nas duas categorias, a modalidade Auto foi a que representou maior adesão: 82% (alta de 317% sobre 2020) e 53% (alta de 94% sobre 2020), respectivamente. 

A região Nordeste representa 48% das vendas via parceiros, seguida pela Sudeste, com 37%, crescimento de 229% e 100%, respectivamente. Já no e-commerce há uma inversão das regiões. Sudeste representa 51% das vendas, seguida pelo Nordeste, com 19%, crescimento de 87% e 22% respectivamente, quando comparado ao primeiro semestre do ano passado.

No e-commerce, o estado de São Paulo representa 73% das vendas na região sudeste e 37% no Brasil. E nas vendas por meio dos parceiros, o estado de Sergipe representa 50% das vendas da região nordeste e 24% no Brasil.

A faixa etária de 25 a 34 anos continua sendo o público predominante do UP Consórcios, representando 38% dos clientes que contrataram neste semestre, seguido por 35 a 44 anos (27%) e 45 a 54 (13%), faixa que teve o maior índice de crescimento, de 34%, comparado com o mesmo período de 2021. 

“É interessante analisar a tendência de vendas neste primeiro semestre. Percebemos que o e-commerce é mais forte na região Sudeste, especialmente São Paulo, onde, tecnicamente, as pessoas estão mais acostumadas ao uso da tecnologia em seu dia a dia. Por outro lado, nossos parceiros são muito assertivos na região Nordeste, onde talvez as pessoas se sintam mais seguras com o contato ‘humano’”, avalia Lorelay Lopes, head de Negócios do UP Consórcios. “Embora o nosso modelo de negócio tenha sido pensado para o público jovem, outro dado que chamou nossa atenção foi o aumento da venda de cotas para pessoas na faixa dos 45 a 55 anos, que também justifica os resultados dos nossos parceiros em ampliar a atuação do UP no mercado”, completa Lorelay.

“Trabalho há 12 anos vendendo consórcios e desde que o UP foi lançado, há pouco mais de dois anos, percebo que seus diferenciais chamam muito a atenção dos clientes, por ser um produto inovador e diferenciado no mercado, principalmente por não cobrar taxa até a contemplação, a recompra também é um argumento fortíssimo, e ainda por oferecer um fluxo de contemplação alto, já que por não cobrar taxa administrativa, o saldo do grupo se torna sempre muito grande a aumenta a possibilidade do cliente receber seu crédito para realizar seu sonho”, destaca Jonathas Willian, vendedor parceiro do UP Consórcios. 

Segundo a ABAC - Associação Brasileira das Administradoras de Consórcios, de janeiro a  maio deste ano, o Sistema de Consórcios apresentou desempenhos recordes nas vendas de novas cotas e negócios realizados. Foram registrados 8,02 milhões de participantes ativos, patamar superado pela primeira vez em quase 60 anos de história; 1,35 milhão de novas cotas vendidas, R$ 83, 19 bilhões em volume de créditos comercializados, R$ 25,35 bilhões em volume de créditos disponibilizados, e mais de 553 mil contemplações.“Além do crescimento nas vendas online, o UP aumenta sua abrangência nacional com o apoio dos parceiros, que se tornou um canal de vendas fundamental na operação. O consórcio está cada vez mais se consolidando como uma forma segura de investimento e meio de se planejar para alcançar objetivos. Os números comprovam a força do setor e o potencial que tem para continuar crescendo”, finaliza Lorelay.




 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp