17/08/2021 às 12h27min - Atualizada em 18/08/2021 às 00h00min

Frio intenso aumenta pressão arterial e ocorrência de infartos em 30%

O choque térmico, do quente para o frio, pode causar uma crise hipertensiva por elevação repentina da pressão arterial

SALA DA NOTÍCIA MP & ROSSI COMUNICAÇÕES

Divulgação
Nos dias frios aumenta a preocupação com gripes, resfriados, problemas respiratórios, alergias e outras doenças de inverno. Porém, é importante alertar que as temperaturas mais baixas também colaboram para o risco de doenças circulatórias. De acordo com o Instituto Nacional de Cardiologia (INC), o número de infartos cresce em média 30% no inverno, os de AVC - Acidente Vascular Cerebral - 20% e a cada 10°C de queda na temperatura, aumenta em 7% o índice de infartos, principalmente quando os termômetros registram abaixo de 14ºC. 

Segundo o cardiologista Dionisio Yaya Chumpitaz, do Hospital Santa Casa de Mauá, a temperatura média do corpo é mantida pelo sistema nervoso simpático - responsável pela aceleração dos batimentos cardíacos, aumento da pressão arterial e concentração de açúcar no sangue. Nos dias frios, os vasos sanguíneos se contraem e o organismo direciona parte do volume de sangue para as artérias de médio e maior calibre, aumentando a pressão arterial. “O choque térmico, do quente para o frio, pode causar uma crise hipertensiva por elevação repentina da pressão arterial, além de baixar as defesas do organismo”, explica.

Os pacientes com problemas cardiovasculares precisam redobrar a atenção e os cuidados nessa época, principalmente, aos sintomas como dor no lado esquerdo do peito por mais de 10 minutos, falta de ar, palpitações e desmaios. Caso esses sintomas ocorram é preciso procurar um serviço de emergência o mais rápido possível. 

A mudanças dos hábitos também podem contribuir para tais problemas. Portanto, o ideal é não exagerar no consumo de carboidratos e gorduras, hidratar-se adequadamente e manter a atividade física, ainda que em menor proporção. 

Uma boa maneira de manter o corpo aquecido é por meio da ingestão de líquidos quentes ao longo do dia, evitar exposições prolongadas ao ar-condicionado e controlar alergias. Também é importante manter-se bem agasalhado, com atenção às extremidades, mãos, pés e a cabeça, “Os hipertensos devem manter o uso da medicação conforme prescrição médica”, orienta o cardiologista Dionisio Yaya Chumpitaz.

O Hospital Santa Casa de Mauá acaba de completar 55 anos de fundação e está localizado na Avenida Dom José Gaspar, 1374 - Vila Assis - Mauá - fone (11) 2198-8300.  https://santacasamaua.org.br/

Informações à imprensa
MP & Rossi Comunicações
Luciana Ponteli
[email protected]
www.mprossi.com.br
(11) 9.3099-1964
5/8/2021





 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp