30/08/2021 às 10h54min - Atualizada em 31/08/2021 às 00h00min

Mercado imobiliário de Belo Horizonte e Nova Lima fecha o 1º semestre em expansão

Dados apontam crescimento nas vendas de imóveis padrão luxo e superluxo

SALA DA NOTÍCIA Júlia Medeiros Andrade

O Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG) apresentou os dados do mercado imobiliário na Região Metropolitana de Belo Horizonte referentes ao primeiro semestre de 2021. Segundo pesquisa da Brain Consultoria em 12 cidades da RMBH, foram vendidas 5.007 unidades residenciais no primeiro semestre do ano, sendo 2.626 apenas em Belo Horizonte e Nova Lima. A pesquisa é feita no segmento residencial e considera apenas apartamentos novos.
BH e Nova Lima puxam crescimento das vendas
A partir dos dados do Sinduscon, o diretor financeiro da RKM Engenharia, Rodrigo Junqueira, revela que as vendas de apartamentos novos em Belo Horizonte e Nova Lima tiveram um crescimento de 46,62%; dado que coloca o ano de 2021 como o melhor resultado histórico. “Mesmo com a pandemia, o setor da construção não parou um só dia. Tivemos muitos desafios, seguimos protocolos de segurança contra a Covid-19 e mostramos a força e a importância da construção civil para o país continuar crescendo. O número de apartamentos novos vendidos consolida e amplia os planos da RKM para o segundo semestre, quando teremos um lançamento de alto luxo no bairro Funcionários, em BH, e intensificaremos as obras do empreendimento Sereno, em Nova Lima”, afirma. Os resultados do mercado imobiliário da RMBH demonstram um aumento de vendas de 21,8% e, de lançamentos, representa incremento de 14,3% no 1º semestre de 2021 em relação a igual período de 2020. 
O censo também aponta que as vendas continuam superando os lançamentos, deixando disponível no mercado apenas 20,5% de tudo que foi lançado em Belo Horizonte e Nova Lima no primeiro semestre.
Mercado de luxo e alto luxo em alta
Outro destaque do censo do Sinduscon-MG foi o crescimento das vendas de imóveis padrão luxo e alto luxo, que corresponderam a 17% total das vendas superiores a 1 milhão. No primeiro semestre foram lançados 193 apartamentos de R$1 a R$2 milhões e foram vendidos 314. Neste período as vendas de unidades acima de R$2 milhões totalizaram 130 enquanto os lançamentos alcançaram 50 unidades.
Referência no segmento de alto luxo, a RKM Engenharia comemora os dados do setor e vive a expectativa de mais um lançamento de alto padrão, dessa vez no bairro Funcionários. “A RKM nasceu no Funcionários e por isso, temos uma ligação muito forte com o bairro. Estamos ansiosos para apresentar em breve nosso novo empreendimento que será um marco para a RKM e para o bairro Funcionários. Com um valor geral de vendas de 235 milhões e geração de cerca de 150 novos empregos, o projeto possui plantas flexíveis de 207 e 243 m², afirma Rodrigo Junqueira.
Mais emprego: 24 mil novas vagas
Conforme dados do Caged, o número de trabalhadores na construção Civil passou de 124.887 para 149.788 em junho deste ano, o que representa 24.901 novas vagas com carteira assinada no setor. Deste total, 80,28% foram abertas na cidade de Belo Horizonte.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp