04/04/2015 às 06h07min - Atualizada em 04/04/2015 às 06h07min

Furto de veículos aumenta 28%

Nesses dados, estão incluídos veículos, caminhões e motos

Apontada através de pesquisa da empresa Ituran, São Paulo é a cidade com maior registro de furto de veículos no país, estando, este ano, 13% acima do mesmo período de 2014. Segundo registros da Polícia Civil de Curitibanos, também há aumento do furto de veículos na cidade. Nesses dados, estão incluídos veículos, caminhões e motos. O índice está relacionado aos três primeiros meses do ano passado e deste ano.

O delegado Fabiano Rizzatti esclarece que é de fundamental importância que os moradores tenham maior cuidado na hora de preservar os seus bens, seja com a instalação de alarmes ou deixando os vidros fechados, dificultando o ato de pessoas mal intencionadas.
Os registros apontam que, de janeiro a março, houve aumento de 28% nos furtos em relação a 2014. De janeiro a dezembro de 2013, estão registrados três furtos de caminhões, 33 automóveis e 17 motos. Já em 2014, foram 30 automóveis, 20 motos e nenhum caminhão. Somente nos três primeiro meses de 2015, a Delegacia já registrou dez furtos de automóveis e seis de motos.
Fabiano reforça que, para que os furtos sejam evitados, é importante que os proprietários de veículos, sejam carros, motos ou caminhões, estejam atentos aos locais onde estacionam e deixem seu transporte fechado, impedindo a ação rápida dos bandidos. "Se a pessoa não tem garagem, que procure deixar o veículo em local habitado e iluminado, evite lugares ermos, sempre deixe bem fechado e, se possível, invista em segurança, como um sistema de alarme", orienta.
Além disso, o delegado aponta que é comum o registro de furto para justificar negócios mal feitos, quando, por exemplo, o vendedor não recebe o que foi acordado, registrando o carro como furtado, para que a Polícia faça a apreensão. "Assim, as pessoas pensam que o carro vai voltar para elas, mas, na verdade, se constatada a fraude, quem registrou pode responder por falsa ocorrência", alerta.

adjorisc

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp