15/09/2021 às 11h41min - Atualizada em 16/09/2021 às 00h00min

Estudar no exterior pode impulsionar carreira dos jovens brasileiros

SALA DA NOTÍCIA Lorraine Souza
https://www.santoagostinho.com.br/
Estudar em uma universidade no exterior é o sonho de muitos jovens. Além de ter acesso a cursos de alta qualidade e de conhecer novas culturas, essa experiência pode ser um diferencial no currículo. Segundo a supervisora de Relações Internacionais do Colégio Santo Agostinho, Clarissa Azeredo, essa possibilidade agrega valor para o estudante e é um elemento que contribui para qualificá-lo profissionalmente. 

“A busca por uma formação internacional tem sido uma opção cada vez mais cogitada pelas famílias de alunos do Ensino Médio”, enfatiza Clarissa. Os programas de Internacionalização do Colégio criam relações de colaboração mútua com universidades do exterior e oferecem subsídios para que os alunos recebam melhor orientação, caso optem por cursar o ensino superior em outro país. 

 

College Board Code

 

Para facilitar ainda mais o acesso de estudantes brasileiros a universidades estrangeiras, o Colégio Santo Agostinho acaba de obter o registro no College Board, um código que insere a Instituição na associação americana, que tem como objetivo ampliar o processo de admissão dos estudantes ao Ensino Superior.

 

Criada em 1900, atualmente a organização reúne mais de 6 mil instituições entre colégios, faculdades e universidades de diferentes países. “O CEEB é um reconhecimento importante do nosso Colégio, como referência em internacionalização e certamente facilitará o processo de aplicação dos alunos em universidades internacionais. O número de estudantes que têm optado pela graduação no exterior tem crescido e nossas aprovações em universidades renomadas como a UCLA - University of California, Los Angeles (Estados Unidos), UBC – University of British Columbia, University of Toronto (Canadá) e Brunel University London (Reino Unido) são exemplos do sucesso dos nossos alunos nas aprovações internacionais”, destaca Clarissa. 

 

Formação e cultura canadenses 

 

O Colégio Santo Agostinho oferece há 7 anos, o Canadian High School, um programa de complementarização curricular em que os alunos cursam disciplinas canadenses durante a 1ª e 2ª séries do Ensino Médio, potencializando suas possibilidades de estudar no exterior. Em parceria com a Província de New Brunswick, professores canadenses e americanos lecionam disciplinas diversas, buscando desenvolver habilidades do século XXI. Ao final do programa, os estudantes recebem os diplomas brasileiro e canadense. 

 

“Nossos programas de internacionalização preparam os estudantes para as constantes mudanças da humanidade e ampliam a visão de mundo”, finaliza Clarissa. 




 

Sobre o Colégio

 

O Colégio Santo Agostinho, mantido pela Sociedade Inteligência e Coração (SIC), foi fundado em Belo Horizonte (MG), em 1934, pelos freis agostinianos recém-chegados da Espanha. Já formou gerações de crianças e jovens ao longo de décadas de ensino, sempre primando pela excelência da educação oferecida e pelo trabalho de formação humano-cristã de seus alunos. Prestando serviços da Educação Infantil ao Ensino Médio, atende, atualmente, a cerca de 8,5 mil alunos nas Unidades de Belo Horizonte (nos bairros Santo Agostinho e Gutierrez), Contagem e Nova Lima.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Informações indisponíveis

0