06/10/2021 às 18h50min - Atualizada em 07/10/2021 às 02h20min

A Alerzo quintuplica seu crescimento em transações desde o início do ano até agora com o atendimento a varejistas informais na Nigéria

A tecnologia está transformando o setor varejista dominado, em sua grande maioria, por mulheres

DINO

A Alerzo, uma das start-ups do ramo B2B com crescimento mais acelerado da Nigéria, anunciou hoje que o volume anual de transações para o mês de setembro ultrapassou a casa de US$ 155 milhões, um crescimento mais de 5 vezes desde o início de 2021.

Desde a captação de recursos Series A da empresa entre abril e outubro, a receita do marketplace de B2B da Alerzo mais do que dobrou e, hoje, os negócios de pagamentos processam mais de 400 mil transações mensais.

Adewale Opaleye (“Ade”) fundou a Alerzo em Ibadan, terceira maior cidade da Nigéria, em 2019. A empresa é responsável por mais de 150 mil comércios informais, dos quais mais de 90% são conduzidos por mulheres, com entregas gratuitas no mesmo dia, pagamentos do tipo cashless e um portfólio com outros serviços digitais que estimulam a lucratividade da loja e simplificam, ao mesmo tempo, a vida dos proprietários.

“Eu abri a Alerzo com o propósito de ajudar a minha mãe, uma mãe solteira que geria duas lojas de comércio informais para trazer o sustento a mim e meus três irmãos. Anteriormente, ela precisava fechar a loja e viajar por horas para comprar as mercadorias para seus negócios”, destaca Opaleye, que estudou Física na Nigéria e Ciências da computação na China. “Muitas vezes, as mulheres são vítimas de assalto pois os ladrões sabem que quem trabalha com isso geralmente anda com dinheiro. Eu queria colocar em prática o que aprendi na China para dar uma vida melhor às profissionais mulheres da Nigéria.”

Desde abril até agora, a empresa incorporou a Shago Payments para impulsionar sua transformação de um marketplace B2B a uma plataforma tecnológica completa. A Shago, fundada por Sabastine Enechi, um veterano no setor de pagamentos, acelera o avanço de produtos digitais e serviços financeiros da Alerzo. Com a integração da ShagoàAlerzoPay, o braço de pagamentos da empresa, a Alerzo agora passa a fornecer a comércios informais um portfólio de novos serviços digitais, como recarga de celular pré-pago, pagamentos de boletos e transferências do tipo P2P.

Santie Botha, Presidente do Capitec Bank (África do Sul), foi incorporada, recentemente, ao quadro da Alerzo como Diretora geral independente. “Eu integrei o quadro da Alerzo pois a vida de Ade foi uma inspiração para mim e eu compartilho o compromisso da empresa em capacitar profissionais mulheres na África”, afirma.

Segundo Iyinoluwa Aboyeji, co-fundador da Flutterwave e Andela, e membro do Conselho Consultivo da Alerzo, “quando se trata de inclusão financeira e econômica, a maioria das empresas demonstra domínio no assunto; no entanto, acabam focando seus negócios em megacidades comercialmente sagazes, como Lagos ou Nairobi. O foco da Alerzo em comunidades de comércio excluídas, embora economicamente viáveis, localizadas em cidades menores, como Ibadan, é exemplar e visionário. Esse foco em comunidades realmente excluídas é o que me inspira”.

O Conselho Consultivo da Alerzo inclui, além de Aboyeji, executivos seniores com trajetórias na KKR, Facebook, Wellington Management e Galaxy Digital, dentre outras empresas.

Para Christina Sass, uma das investidoras da Alerzo e co-fundadora da Andela, “a Alerzo é um dos raros empreendimentos sociais em que uma missão social óbvia e influente dá certo junto com o desempenho financeiro da empresa”.

Em setembro, a empresa expandiu suas operações às regiões Norte e do Cinturão Médio da Nigéria, já atuando em Abuja e Kano. A Alerzo planeja atender a grande parte do país até o final do ano que vem.

Sobre a Alerzo

A Alerzo, com sede em Cingapura e Ibadan, Nigéria, é uma plataforma completa de serviços e tecnologia que transforma as operações de comércios informais na Nigéria. Com ela, os varejistas podem sistematizar o estoque, realizar entregas mais rapidamente, receber e fazer pagamentos do tipo cashless, obter um melhor monitoramento dos lucros da loja e viabilizar um portfólio de serviços digitais, como compras de serviços pré-pagos, pagamentos de boletos e transferências do tipo P2P. Acesse www.alerzo.com ou siga a empresa no LinkedIn. Quer saber mais sobre a Alerzo? Entre em contato pelo e-mail IR@alerzo.com.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.


Contato:

Debra Cope, +1-202-468-3814, PR@Alerzo.com


Fonte: BUSINESS WIRE

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Informações indisponíveis

0