05/05/2021 às 11h09min - Atualizada em 05/05/2021 às 15h20min

Buscando transformar experiência do colaborador, Sputnik oferece soluções de aprendizagem customizadas

De acordo com a necessidade de cada negócio, a escola corporativa elabora cursos e treinamentos voltados especificamente para as necessidades das equipes de trabalho

SALA DA NOTÍCIA Victoria

Há pouco mais de um ano, o trabalho remoto entrou na vida de grande parte dos brasileiros em virtude da pandemia e, embora haja certo conforto em não ter de enfrentar longas jornadas para chegar até o escritório, o home office também tem seus desafios. Apesar de muitas empresas já estarem 100% adaptadas ao novo formato, algumas delas ainda enfrentam dificuldades para manter os funcionários motivados à distância.  Por isso, a Sputnik, uma das maiores escolas corporativas do Brasil, acredita na importância de investir no treinamento customizado dos colaboradores para que se mantenham em um aprendizado constante e ampliem seus conhecimentos em diversas áreas.

A Sputnik trabalha uma metodologia híbrida porque acredita que flexibilidade, interatividade e colaboração são peças-chave para a estratégia de engajamento.  Nesse contexto, os cursos e treinamentos usam métodos de ensinos baseados na experiência para potencializar e transformar o processo de aprendizagem e desenvolvimento. "Acreditamos que a resposta para inovar está na educação, e em decorrência disso investimos em metodologias que despertam o protagonismo e alta performance das equipes e dos líderes. Para um resultado mais efetivo, buscamos entender as dores dos nossos clientes para desenvolver conteúdos com base nelas e oferecer soluções personalizadas que também agregam valores às organizações" explica Jean Rosier, professor e co-fundador da Sputnik.

Um estudo promovido pela Your Amigos Foundation mapeou as principais queixas dos colaboradores em relação ao modelo adotado por conta do isolamento social. Dentre os entrevistados, as reclamações mais recorrentes foram referentes ao horário prolongado do expediente, uma demanda de tarefas maior do que quando comparada ao trabalho presencial, dores nas costas e o aumento das tarifas de internet e eletricidade. "Os dados chamam a atenção, pois estão diretamente ligados ao engajamento do colaborador com a empresa e as metas traçadas por ela. Porém nem sempre essa dinâmica é satisfatória para aqueles que participam de treinamentos e cursos nas empresas", conta Jean.  

Para a Sputnik, a base da inovação de qualquer negócio está na educação, por isso, é preciso investir em metodologias que despertam o protagonismo e alta performance das equipes e dos líderes. "Quando uma empresa busca cursos com conteúdos específicos e personalizados para seu time, eu avalio que ela está investindo não só nos futuros resultados, mas principalmente na experiência dos seus colaboradores. Através do Experience Learning, metodologia criada pela Perestroika, nós construímos e pensamos no futuro do trabalho apostando sempre no aprendizado constante dos profissionais”, finaliza Rosier.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Informações indisponíveis

0