07/10/2021 às 14h23min - Atualizada em 08/10/2021 às 00h00min

Ação emergencial em formato de game reaproxima alunos das escolas frente à evasão na pandemia

Um chamado emergencial dos estudantes para tirar seus colegas das sombras das telas e trazer para a luz dos encontros presenciais.

SALA DA NOTÍCIA Alisson Schafascheck
A Gincana da @JornadaX, ação emergencial criada para encorajar a retomada às aulas presenciais, reúne comunidade, alunos e professores, integrados através de jogos e atividades capitaneados pelos jovens. A primeira a aderir a Gincana que terá escala nacional é a Escola Cidade Hiroshima em São Paulo e vem acontecendo durante o mês de setembro e neste dia 8 de outubro terá seu grande ápice, que inclui ações na escola com dança, música, esportes, grafite, jogos de conhecimento, horta comunitária, e muito mais. E um especial com os alunos em um mutirão de limpeza no Parque do Carmo. 
A Gincana da @JornadaX é o prólogo da @JornadaX (um social game que instiga jovens a se descobrirem como agentes de transformação de seus espaços) envolve todos ligados a comunidade escolar para, juntos, superarem a gigante evasão escolar e a dificuldade para voltar às aulas presenciais. Com duração inicial de um mês, está prevista para acontecer em nível nacional a partir do início das aulas em 2022 – até o momento, as secretarias de educação dos estados São Paulo, Maranhão, Pernambuco e Bahia, já se interessaram em apoiar a iniciativa. A Gincana é o ponto de partida para que os alunos continuem a integração na escola & comunidade durante mais seis meses, com a metodologia do social game Jornada X.  
Os objetivos da Gincana da @JornadaX são: reduzir o abandono escolar; desenvolver novas habilidades para alunos e professores; aumentar a participação da comunidade; e contribuir para formação dos professores em pedagogias ativas que apoiem a redução dos danos da pandemia. 
A mecânica dá protagonismo para que os alunos convidem seus colegas, envolvam e ampliem suas próprias conexões – não só na escola, mas em toda a comunidade –, criando pontes para que eles possam sair juntos do momento difícil e das consequências emocionais causadas pela pandemia e luto, em direção ao reencontro no espaço escolar. E, sim, com todas as exigências que os protocolos de segurança impostos pela pandemia. 
Um círculo inusitado de organizações faz esse projeto acontecer e leva aos alunos, professores e comunidade a se envolverem e viabilizarem a possibilidade de sonhar com mudanças na Educação de modo ativo, lúdico e acessível. São elas: a Live Lab, idealizadora da JornadaX e responsável pela sua aplicação nas áreas educacional, social e ambiental; a ASAS.BR.COM, coletivo internacional de inteligência criativa que acelera propósitos através de conteúdos humanistas; e a Now Partners e sua irmã United for Regeneration, que juntas, mobilizam e transformam organizações e sistemas sociais para cocriar economias e sociedades regenerativas.  
@JORNADA X 
Metodologia através de social game (que se iniciou como Play the Call) aplicada em mais de 50 mil alunos em 24 Estados Brasileiros nos últimos 10 anos, para criar uma resposta rápida, acessível e de alcance em grande escala. Somada com a GINCANA, tem o objetivo amenizar a situação da evasão escolar, para que não se torne um retrocesso profundo e permanente na educação brasileira, como apontam os dados dos relatórios citados abaixo. 
EVASÃO ESCOLAR  
A evasão escolar e a insegurança com a volta às aulas, tanto por parte de pais e alunos quanto dos professores e educadores, são alguns dos principais desafios que a sociedade enfrenta como consequência da pandemia. Estudos recentes demonstram o profundo impacto que a privação da convivência escolar tem causado. As crianças e jovens perderam acesso à educação, deixaram a escola e estão inseguros em regressar, conforme os dados: 
•    5 milhões de crianças e jovens entre 6 e 17 anos não tiveram acesso à educação em novembro de 2020. 
Fonte: Cenário da Exclusão Escolar no Brasil, UNICEF (+) 
•    53% dos jovens se sentem inseguros quanto à volta às aulas. 
Fonte: Pesquisa Juventudes e a Pandemia do Coronavírus 2ª edição (2021), CONJUVE e Parceiros (+) 
•    36% dos jovens não estão estudando em 2021 e 26% em 2020. 
Fonte: Pesquisa Juventudes e a Pandemia do Coronavírus 2ª edição (2021), CONJUVE e Parceiros 
 
Por outro lado, os professores preocupados com a saúde física e emocional, ansiosos e sobrecarregados, também constam nas seguintes estatísticas que traduzem seus sentimentos nos diferentes estágios da pandemia: 
•    28% dos professores avaliam a sua saúde emocional como péssima ou ruim, comparado ao período pré-pandemia. 
•    53% Dos professores se sentem sobre carregados, comparado com 32% antes da pandemia. 
•    64% Dos professores se sentem ansiosos. 
Fonte: Pesquisa A Situação dos Professores no Brasil durante a Pandemia (+) 
 
Gincana da JornadaX 
Data: 8 de outubro, das 8h às 18h (final) 
Atividades: Merenda e entrega de cestas básicas, Esportes, Mural, Mutirão de limpeza, Jogo do Milhão, Música e Slam – cronograma abaixo) 
Local: Escola Cidade de Hiroshima – SP 
End.: Rua Venâncio Lisboa, 382 - Itaquera, SP 
 
 
  
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Informações indisponíveis

0