Tv

Show do cantor Belo vira caso de polícia no Rio de Janeiro

O cantor Belo terá que prestar esclarecimentos à polícia do Rio de Janeiro. Isso porque a corporação fluminense abriu um inquérito para...

Por Marcos Antonio em 17/02/2021 às 12:29:02

O cantor Belo terá que prestar esclarecimentos à polícia do Rio de Janeiro. Isso porque a corporação fluminense abriu um inquérito para investigar um show do música com a presença de milhares de pessoas. O evento clandestino, foco de aglomerações em meio à pandemia, teve início na madrugada da sexta-feira, 12, e terminou apenas na manhã do sábado, 13. A festa de Carnaval aconteceu em uma escola pública do Complexo da Maré, na Zona Norte da capital carioca, e foi marcada por desrespeitos aos protocolos sanitários. Pessoas sem máscara e desrespeitando o distanciamento social preenchiam o espaço escolar.

Agora, Belo será ouvido pela polícia do Rio de Janeiro. A assessoria do cantor afirmou que quem escolhe o local do evento é a produção e que o músico apenas tomou conhecimento do local em que a festa aconteceria momentos antes da apresentação. A secretaria Estadual de Educação do Rio de Janeiro também não sabia que um show seria realizado dentro da escola pública, assim como outros autoridades desconheciam a existência do evento. No geral, festas clandestinas e irregulares, tanto em terra quanto no mar, marcaram o Carnaval 2021 na cidade maravilhosa. Segundo a prefeitura da capital, eventos em favelas e comunidades são mais difíceis de serem reprimidos porque isso colocaria em risco a segurança dos participantes. A multa para quem realiza um evento clandestino é pequena, apenas R$ 900, o que acaba incentivando os ambientes ilegais de aglomerações.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga

Fonte: JP

Comunicar erro

Comentários