13/10/2021 às 08h21min - Atualizada em 13/10/2021 às 11h20min

Crescimento do mercado de IoT no Brasil é impactado pela chegada do 5G

A tecnologia 5G se aproxima cada vez mais do Brasil, além do aumento da velocidade, que promete ser até 10 vezes mais rápida, as redes 5G operam de maneira mais confiável, criando conexões mais estáveis e seguras.

DINO
https://allcomtelecom.com/

O mercado de tecnologia está cada dia mais dinâmico. Há uma explosão de startups, novas tecnologias e soluções em que as empresas têm investido cada vez mais, buscando outras formas de facilitar a vida das pessoas e aumentar seu valor. O foco hoje é a tecnologia 5G, algo que em breve irá atuar com força no Brasil.

Entre os serviços que o 5G permite está o suporte às aplicações de Internet das Coisas (Internet of Things ou IoT). Hoje já existem aplicações de IoT operando nas tecnologias anteriores que estão em funcionamento, como 2G, 3G e 4G. A expectativa é que a Internet das Coisas mude o dia a dia das pessoas. “Teremos a criação de um ecossistema digital onde tudo se comunica e a gente vai ganhar mais tempo”, diz o secretário de Telecomunicações do Ministério das Comunicações, José Afonso Cosmo Júnior. “Vai chegar um momento em que minha roupa vai avisar à lavanderia que já está na hora de lavar”. A chegada da internet 5G ao Brasil deve consolidar esse processo.

O Governo Federal vem tomando algumas medidas para incentivar a expansão da Internet das Coisas no Brasil. Em 2019, foi sancionado o Plano Nacional de Internet das Coisas e criada a Câmara IoT, um grupo de trabalho para acompanhar a implantação desse plano. Em dezembro de 2020, foi sancionada a Lei 14.108, por meio dela, itens que fazem parte de sistemas de comunicação M2M (machine-to-machine) tiveram isenção de alguns tributos. “Com essa desoneração, a gente abre um grande mercado com possibilidade para que esses aplicativos venham para o nosso país”, afirma o secretário de Telecomunicações. Segundo ele, de 2019 para 2020, o mercado de IoT cresceu 9%. Nos dois primeiros meses após a desoneração, o crescimento foi de 6%. 

Segundo pesquisa realizada pela Teleco, empresa de consultoria na área de Telecomunicação, este setor deve gerar mundialmente até 2025 receita estimada entre US$ 3,3 trilhões e US$ 11,1 trilhões, contribuindo em até 11% do PIB mundial. No Brasil, estima-se que este setor gere um crescimento da produtividade de aproximadamente 2% ao longo da próxima década, podendo adicionar cerca de R$ 122 bilhões ao PIB brasileiro até 2025, gerando entre 1,9 milhões e 2,6 milhões novos postos diretos e indiretos de trabalho ou emprego efeito-renda. 

A tecnologia 5G destina-se a fornecer velocidades mais altas de pico de dados de vários Gbps, latência ultrabaixa, mais confiabilidade, capacidade massiva de rede, maior disponibilidade e uma experiência mais uniforme para mais usuários. Maior desempenho e eficiência aprimorada possibilitam novas experiências de usuário e conectam novos setores. 

O sucesso comercial da Internet das Coisas está intrinsecamente ligado ao desempenho da rede ao qual os dispositivos são conectados. Com o 5G, espera-se que as velocidades de transferência de dados sejam significativamente maiores, tendo um impacto direto na comunicação entre dispositivos, smartphones, tablets e softwares de IoT. 

A expectativa é de que a rede 5G seja 10 vezes mais rápida que as redes LTE atuais. Esse aumento na velocidade ajuda a reduzir a latência e melhorar a velocidade geral na qual os dispositivos inteligentes enviam e recebem dados. Além do aumento da velocidade, as redes 5G operam de maneira mais confiável, criando conexões mais estáveis e seguras. Ter condições de rede confiáveis ​​e estáveis ​​é extremamente importante para qualquer dispositivo IoT, mas especialmente para dispositivos conectados que dependem de atualizações em tempo real, como câmeras de segurança e outros sistemas de monitoramento.

Este foi um dos motivos que guiou a Allcom Telecom, empresa que atua distribuindo, integrando e fornecendo soluções de IoT,  a ampliar a sua atuação global "O 5G será um impulsionador de novas aplicações e mudará segmentos como indústria, cidades inteligentes, veículos autônomos e conectados. Já temos soluções em teste e visualizamos um potencial enorme”, diz Marcio Fabozi, CSO (Chief Sales Officer) da Allcom Telecom.

A Allcom Telecom é uma empresa americana, que atua no mercado de IoT e oferece tanto soluções de gerenciamento de conectividade quanto equipamentos e soluções para este mercado. Atuando como um distribuidor de valor agregado, a Allcom Telecom distribui, integra e entrega soluções de internet das coisas para mais de 3.500 clientes em diversos países da América Latina e Brasil.



Website: https://allcomtelecom.com/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Informações indisponíveis

0