Tv

Ca√ßador:Inicia o j√ļri de vigilante que matou jovem em posto em Ca√ßador

Crime aconteceu no interior da loja de conveniência do posto em novembro de 2019

Por Marcos Antonio em 18/11/2020 às 14:08:43

Teve in√≠cio da manh√£ desta quinta-feira, 18, o j√ļri popular de Sidney Lima dos Santos, vigilante que matou Ronaldo Sim√£o Rodrigues Prestes, 24 anos, conhecido como Bugr√£o, em novembro do ano passado no Posto Dudo. O crime aconteceu dentro da loja de conveni√™ncia, quando o seguran√ßa acertou dois golpes de faca na v√≠tima.

Na época, o vigilante foi liberado após prestar depoimento. Inicialmente, o entendimento da pol√≠cia era de que o autor tivesse reagido a uma agress√£o e, portanto, agido em excludente de ilicitude. Porém, após aprofundar as investiga√ß√Ķes, o delegado que assumiu o caso, Adriano Delfino Moreira, acredita que n√£o houve leg√≠tima defesa.

No j√ļri desta quinta-feira, 18, o réu ser√° julgado por homic√≠dio e tentativa de homic√≠dio, j√° que uma segunda pessoa também foi ferida. A sess√£o come√ßou às 9h no plen√°rio da C√Ęmara Municipal, j√° que o sal√£o do j√ļri do Fórum de Ca√ßador passa por reforma.

A reportagem do Ca√ßador Online teve acesso às imagens das c√Ęmeras, mas n√£o obteve autoriza√ß√£o para divulg√°-las. No v√≠deo, é poss√≠vel ver que a v√≠tima estava dentro da loja de conveni√™ncia com um lanche na m√£o, próximo ao micro-ondas.

Por volta das 4h40, houve uma discussão entre o jovem e o vigilante, o qual agride a vítima duas vezes com uma tonfa, depois pega uma faca que estava no colete e esfaqueia o rapaz uma vez na região da axila. Em seguida, o jovem cai desfalecido e morre ainda no local.


Vítima: Ronaldo Simão Rodrigues Prestes

Foi esse também o entendimento da Pol√≠cia Civil para concluir o inquérito policial. O preso, que n√£o teve o nome divulgado, foi indiciado por homic√≠dio qualificado pelo motivo f√ļtil e poder√° ir a j√ļri popular. Ele também é acusado de esfaquear outro jovem após a confus√£o, porém essa v√≠tima teve apenas ferimento leve.

Comunicar erro

Coment√°rios