Tv

Decretos em Chapecó e Xanxerê determinam restrições de circulação de pessoas para evitar contágio da Covid-19

Por Marcos Antonio em 22/02/2021 às 23:00:37

As prefeituras de Chapecó e Xanxerê, no Oeste catarinense, publicaram decretos para tentar conter o contágio da Covid-19. Os dois documentos incluem restrições à circulação de pessoas. Confira abaixo as medidas em cada cidade.

Secretaria da Saúde determina suspensão das cirurgias eletivas por causa do avanço da Covid-19

SC reserva vacinas contra Covid-19 para aplicar 2ª dose

Chapecó

Continuam lotadas as unidades de saúde, os ambulatórios Covid, o Hospital Regional do Oeste e a Unidade de Pronto Atendimento, segundo o prefeito, João Rodrigues (PSD). Ele está em Brasília para tratativas com o Ministério da Saúde sobre a situação na cidade. Rodrigues afirmou que Chapecó vive "o pior momento da pandemia" e já havia dito na semana passada que a cidade está em estágio de "colapso" na saúde.

O decreto de Chapecó começa a valer a partir de 0h desta terça (23) e vale até 23h59 de domingo (28).

Confira abaixo as restrições:

Restrição de circulação de pessoas nas ruas das 22h às 5h a partir de terça (23). O morador pode sair se precisar comprar remédio na farmácia. Também não estará infringindo as regras quem estiver trabalhando ou voltando do trabalho;

Nos estabelecimentos autorizados a funcionar, é proibida a entrada de menores de 12 anos. É autorizada a entrada de apenas uma pessoa por núcleo familiar;

Farmácias, supermercados, postos de combustíveis e indústrias continuam funcionando;

Todo cidadão que tiver resultado positivo para Covid-19 será monitorado. Quem quebrar o isolamento domiciliar, responderá criminalmente por isso;

Restaurantes, bares e lanchonetes não podem funcionar até 0h de segunda. Restaurantes dentro de hotéis podem funcionar apenas para atendimento dos hóspedes;

Transporte coletivo vai circular com 50% da capacidade dos ônibus. A fiscalização será feita pela Guarda Municipal;

Supermercados só podem funcionar com ocupação de até 30% da capacidade do estabelecimento;

Igrejas não podem abrir;

Parques e praças estarão fechados;

É proibido o consumo de bebidas alcoólicas nas ruas;

Também estão suspensas as atividades de shoppings; eventos e competições esportivas de caráter amador; casas noturnas; clubes, sedes sociais, campings e parques aquáticos; eventos sociais, como casamentos e aniversários; cinema e teatros; apresentações artísticas; congressos, feiras e exposições; academias; comércio varejista de bebidas alcoólicas; autoescolas; e cartórios.

Chapecó é a sexta cidade catarinense com mais casos de coronavírus e a décima com mais mortes. De acordo com o boletim desta segunda-feira (22), são 21.437 casos confirmados, com 199 óbitos.

Xanxerê

Em Xanxerê, o Hospital Regional São Paulo está lotado. Nesta segunda, não havia mais vagas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e enfermaria Covid. Nove pacientes aguardavam um leito de UTI. Outros 17, um de enfermaria.

Pacientes na emergência do Hospital Regional São Paulo, em Xanxerê, aguardam leitos

Ana Lucietto/HRSP/Divulgação

O decreto de Xanxerê entrou em vigor nesta segunda (22) e vale até 1º de março.

Confira abaixo as restrições:

Está proibida a circulação de pessoas entre 23h e 6h, a não ser que os moradores estejam em busca de atendimento médico, serviços essenciais ou para deslocar-se ao trabalho;

Idosos a partir de 60 anos e crianças e adolescentes até 12 anos não podem entrar em locais com grande circulação de pessoas, como supermercados, restaurantes, lojas e farmácias. Porém, o decreto não impede a atividade profissional dos idosos;

Somente uma pessoa por família pode entrar em mercados, supermercados, lojas e farmácias;

Estabelecimentos devem garantir afastamento mínimo de 1,5 metro entre cada cliente que estiver no local, especialmente nas filas formadas nos caixas, onde o distanciamento deve ser sinalizado com fitas no chão;

É obrigatória a medição da temperatura dos trabalhadores e clientes. Quem tiver temperatura acima de 37,5º deve procurar uma unidade de saúde;

Todos os trabalhadores devem usar máscara e/ou viseira de proteção;

Supermercados, restaurantes e farmácias deverão disponibilizar e divulgar serviço de entrega para atender clientes acima de 60 anos;

Padarias, confeitarias, cafeterias, praças de alimentação e similares não podem ter consumo no local e devem funcionar com retirada no balcão ou entrega;

Comercialização de bebidas, inclusive por estabelecimentos 24 horas, fica restrita aos sistemas de retirada no balcão ou entrega só podem funcionar até 21h;

Lojas de conveniência de postos de combustíveis permanecem proibidas de comercializar bebidas alcoólicas a partir das 18h;

Restaurantes só podem funcionar das 10h às 14h e das 18h às 22h e não podem vender bebidas alcoólicas no local;

Reuniões familiares em residências e áreas comuns de condomínios estão proibidas;

O descumprimento destas medidas resulta em infração sanitária para os donos dos estabelecimentos;

A fiscalização ficará a cargo Vigilância Sanitária e Defesa Civil Municipal, com apoio dos órgãos de segurança pública.

Secretário de Saúde de SC comenta medidas regionalizadas para o combate a pandemia

Xanxerê tem 5.622 casos confirmados de Covid-19, com 53 mortes, conforme boletim desta segunda do governo do estado.

VÍDEOS: Vacinação contra a Covid-19 em SC

Veja mais notícias do estado no G1 SC

Fonte: G1 SC

Comunicar erro

Comentários