24/10/2021 às 16h29min - Atualizada em 24/10/2021 às 16h29min

Caçador tem o 4º botijão de gás mais caro de SC

Levantamento é da ANP com o preço médio do gás de cozinha nas principais cidades

Marcos Antonio - Marcos Imprensa
Cacador Net
O aumento no preço do gás de cozinha tem sido motivo de preocupação para muitos brasileiros nos últimos meses. Na última semana - período de 10 a 16 de outubro -, o custo médio chegou a R$ 109,57 para os catarinenses, segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).O botijão analisado é o de 13 kg. O preço mais alto, entre as cidades de SC pesquisadas, foi registrado em Blumenau: R$ 120, em média. Caçador tem o 4º maior preço médio no ranking estadual, R$ 115. Confira a lista abaixo.

Desde janeiro, o preço médio do botijão de gás sofreu um aumento de 26% no Estado. No início de 2021, o valor pago, em média, pelo consumidor era de R$ 83, quase R$ 22 a menos do que em setembro. O aumento desde janeiro do ano passado até setembro deste ano foi de 47%. No início do ano passado, o gás custava em média R$ 71.

Blumenau: R$ 120
Chapecó: R$ 117
São José: R$ 115
Caçador: R$ 115
Florianópolis: R$ 113,99
Palhoça: R$113,50
Brusque: R$ 112,67
Biguacu: R$ 111
Joinville: 108,80
Videira: R$ 107,40
Jaraguá do Sul: R$ 105,36
Mafra: R$102,50
Araranguá: R$ 102,25
Concórdia: R$ 100,75
Laguna: R$ 99

Os dados acima são referentes a última semana - 10 a 16 de outubro -, divulgados pela ANP.

Fonte nsctotal.com.br

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Informações indisponíveis

0