Mercado BR

MP de Paris abre investigação após grande vazamento de dados privados sobre a saúde dos franceses

Por Marcos Antonio em 25/02/2021 às 10:36:23

Sarah Meyssonnier/Reuters

O Ministério Público de Paris anunciou, nesta quinta-feira (25), que abriu uma investigação judicial após um grande vazamento de dados médicos de cerca de 500 mil pessoas na França.

A seção de combate aos crimes cibernéticos busca os responsáveis pela divulgação dos nomes, endereços, telefones, e-mails e inscrição na segurança social (uma espécie de CPF).

LEIA TAMBÉM: Megavazamento – tire suas dúvidas e saiba como proteger seus dados

Em alguns dos casos, há informações mais privadas sobre a situação de saúde dos pacientes, como o grupo sanguíneo, gravidez, tratamentos farmacológicos e doenças pré-existentes.

Os dados viriam de cerca de trinta laboratórios de biologia médica, situados principalmente no noroeste da França, noticiou o jornal "Libération".

Segundo a publicação, eles correspondem a amostras tomadas entre 2015 e outubro de 2020 – período em que os laboratórios usaram um sistema de segurança falha.

Ataques a redes de hospitais

Recentemente, a França foi alvo de vários ataques de hackers. Em 8 e 15 de fevereiro, dois hospitais do país ficaram paralisados após duas invasões cibernéticas.

"Houve 27 ciberataques a hospitais em 2020 e desde o início de 2021, é um ataque por semana", destacou na semana passada o secretário de Estado de Assuntos Digitais, Cédric O.

Este aumento levou o governo francês a aumentar seu orçamento para reforçar a segurança dessas instituições.

Fonte: G1

Comunicar erro
Teve news

Comentários