06/05/2021 às 14h37min - Atualizada em 06/05/2021 às 23h00min

Como fazer para proteger sua família sem gastar muito com planos de saúde caros?

SALA DA NOTÍCIA LUCAS WIDMAR PELISARI
 

Seja um plano de saúde corporativo ou de pessoa física, quando se trata de proteger a sua família sem gastar muito é necessário fazer algumas pesquisas e tomar algumas decisões. 

 

Investir em um plano de saúde é algo que muitas pessoas se questionam se realmente vale a pena. 

 

Isso acontece porque essa é uma despesa alta que pode consumir uma boa parte do seu orçamento mensal, principalmente quando se trata de um plano familiar. 

 

A situação pode ficar pior se você parar para pensar em tudo que gastou com plano de saúde nos últimos anos e que poderia ter ganho dinheiro se tivesse colocado em algum tipo de investimento. 

 

Mas será que abrir mão de um plano de saúde e guardar esse dinheiro para uma possível emergência é o melhor a se fazer quando se trata de proteger a sua família? 

 

A questão é que nunca sabemos quando precisaremos de atendimento médico e muito menos quando uma possível doença urgente pode surgir. 

 

Inclusive, algumas doenças - como o câncer, por exemplo -, podem custar muito caro devido aos diversos procedimentos médicos e medicamentos. 

 

Com isso, ter um plano de saúde é a melhor opção quando se trata de manter a sua família protegida e segura para possíveis emergências ou procedimentos médicos rotineiros, como consultas e exames preventivos, por exemplo. 

 

Mas será que existe uma maneira de proteger sua família sem gastar muito com planos de saúde caros? 

 

Sim, é possível! Para saber como, basta continuar a leitura e conferir algumas dicas que separamos!

 

Dicas para não gastar muito dinheiro com planos de saúde 

Se você já tem um plano de saúde, pode conseguir com que ele fique mais barato ou pensar em fazer o seu cancelamento para contratar outro mais acessível. Caso ainda não tenha feito a contratação de um plano, é fundamental ter atenção a alguns fatores importantes que te ajudarão a pagar menos. 

 

Aqui estão algumas dicas para te ajudar a gastar menos com planos de saúde. 

 

1. Analise o seu plano de saúde atual

Se você preferir ficar com o seu plano de saúde atual, poderá escolher por uma opção de plano mais básica o que, consequentemente, será mais barato. 

 

A primeira coisa que deve fazer é ver quais laboratórios e hospitais da sua rede credenciada você e sua família realmente utilizam. 

 

As opções que são regionais costumam ter hospitais e laboratórios que ficam mais próximos de você e possivelmente têm custos mais baixos. 

 

Alguns planos de saúde oferecem determinados serviços extras que podem deixar o preço final mais alto. Portanto, é importante verificar quais deles realmente são utilizados ou essenciais para as suas necessidades. 

 

Às vezes, mudar para um que realmente tenha apenas o que você e a sua família utilizam pode ser uma escolha muito melhor para o seu bolso. 



 

2. Verifique planos de coparticipação 

Os planos com coparticipação tem mensalidades mais baratas, quando comparadas com o mesmo plano sem coparticipação. No entanto, o cliente contribui com uma porcentagem em cada procedimento médico que é realizado. 

 

Essa porcentagem a ser paga é determinada em contrato e existe um teto do valor que o cliente pode pagar. 

 

Se você e a sua família utilizam o plano de saúde apenas para a realização de consultas e exames de rotina, esta é uma boa opção para deixar o custo menor. 

 

Porém, se vocês costumam utilizar o plano de saúde com frequência, essa pode não ser a melhor opção.
 

 

3. Analisar os tipos de acomodações 

Ao contratar um plano de saúde, você precisa escolher o tipo de acomodação que deseja em casos de internações, podendo optar por enfermaria e apartamento. 

 

Caso escolha a opção de enfermaria, poderá dividir o quarto com até mas duas pessoas do mesmo sexo. 

 

Caso opte por acomodação tipo apartamento, o seu quarto será individual e terá horários mais flexíveis para visitas, o que consequentemente deixa os valores dos planos mais altos. 

 

Por mais que a opção de apartamento seja muito mais confortável, é muito importante ter em mente que ela torna o seu plano mais caro. 

 

Se você já tem um plano de saúde e esse é o seu tipo atual de acomodação, caso queira reduzir gastos, deve considerar mudar para a opção de enfermaria. 



 

Conclusão

Os planos de saúde são extremamente importantes para a população, já que oferecem um melhor atendimento de procedimentos médicos, incluindo consultas, exames, cirurgias e assim por diante. 

 

Claro, não são todas as pessoas que podem pagar por elas. Neste caso, elas dependem unicamente do SUS (Sistema Único de Saúde), o que pode gerar certos problemas e frustrações, já que ele não suporta altas demandas. 

 

Portanto, quando possível, a melhor opção para se manter seguro e protegido no que diz respeito à saúde, é pagar um plano de saúde. 

 

Porém, existem maneiras de proteger a sua família sem gastar muito com planos caros. 

 

Esperamos que tenha gostado das nossas dicas e que, a partir de agora, você consiga dar os primeiros passos para tornar ou escolher um plano de saúde que caiba no seu bolso! 

 

 


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »