Mercado BR

Após chuva que arrastou carros e provocou alagamentos em SC, força-tarefa faz trabalho de limpez

Por Marcos Antonio em 02/03/2021 às 15:18:41

Reprodução/ NSC TV

Moradores e prefeituras realizam nesta terça-feira (2) serviços de limpeza após a chuva que atinge as cidades de Santa Catarina desde o domingo (28). Vias ficaram alagadas, houve desabamentos de muros, deslizamentos de terra e quedas de muros.

A Defesa Civil estadual emitiu um alerta de deslizamentos. Joinville, Garuva e Schroeder, no Norte do Estado, Laguna, no Sul, e Florianópolis são as cidades com maior risco para deslizamentos, por conta do solo encharcado em combinação com a previsão de mais chuva para as regiões. Além disso, outros onze municípios estão em estado de alerta.

Chuva causa estragos em cidades do Litoral Norte de SC

Em Balneário Camboriú, onde a correnteza chegou a arrastar carros e deixou pessoas ilhadas, uma força-tarefa foi montada e equipes trabalham no rescaldo dos prejuízos. As aulas foram suspensas no Núcleo de Educação Infantil (NEI) Bom Sucesso, no bairro da Barra, por conta dos estragos causados pelo temporal.

Desde o início da manhã, as equipes da Secretaria de Obras fazem reparos na Estrada da Rainha e Avenida das Flores e ruas próximo à Câmara de Vereadores. Depois, os trabalhos seguem nas ruas Miguel Matte, no bairro dos Pioneiros, Síria e Israel, no bairro das Nações e Avenida do Estado com a Avenida Alvin Bauer.

Na Região Sul, as equipes estão concentradas na limpeza e liberação da Interpraias. Em seguida, seguem para a Rua Daniel Fraga, no Estaleiro, onde foi registrado queda de árvore e deslizamento pela Defesa Civil. No município, foi registrado mais de 170 milímetros de chuva na segunda-feira (1°).

Norte catarinense

Das cinco cidades que mais tiveram chuva em Santa Catarina nos últimos três dias, quatro ficam na região Norte catarinense.

Em Itapoá foram registrados pontos de alagamento no fim da tarde de segunda-feira (1°) e o nível do Rio Saí Mirim preocupa a Defesa Civil. Ruas alagadas e a água entrou em algumas casas em São Francisco do Sul (veja vídeo abaixo).

Joinville e Garuva registram grande volume de chuva nas últimas 72 horas

Em Jaraguá do Sul, no fim da tarde de segunda choveu 80 milímetros e o acumulado do dia chegou a 100 milímetros. Pelo menos cinco deslizamentos de terra foram registrados.

No município, houve danos em estradas e os ribeirões transbordaram, deixando moradores temporariamente ilhados. Não houve registros de desabrigados e desalojados.

Garuva e Joinville tem o acumulado de mais de 300 milímetros de chuva nas últimas 72 horas. Schroeder, Corupá, São Francisco do Sul e Guaramirim também passam dos 200 milímetros no mesmo período, segundo a Defesa Civil.

Florianópolis

Novo deslizamento é registrado na BR-282 em Florianópolis

Nesta terça, um novo deslizamento na BR-282, em Florianópolis, interditou a terceira pista da Via Expressa. Em menos de 24 horas, a terra da encosta, que fica no Morro da Caixa, já tinha registrado um deslizamento e agentes da Defesa Civil do município auxiliam na retirada do barro.

A ocorrência foi registrada no sentido Norte da rodovia. Com isso, a faixa de aceleração e a terceira faixa, à direita, foram bloqueadas para o trânsito. O local foi sinalizado por cones e agentes da Guarda Municipal orientam os motoristas para manter a fluidez na movimentação.

Na segunda, houve alagamentos em vários pontos do continente, e nos bairros do Centro, no Norte e Sul da Ilha. No Hospital Celso Ramos, o setor de Raio-x foi um dos atingidos.

O coordenador municipal de Defesa Civil da capital, Luiz Eduardo Machado, informou que o acumulado de chuva dessa segunda foi de 170 milímetros, quando a média histórica para o mês de março é de 180 milímetros (veja vídeo abaixo).

Defesa Civil faz balanço das ocorrências provocadas pela chuva na Grande Florianópolis

Com a previsão de mais chuva para esta terça, Machado pediu que a população acione a emergência, 199 (Defesa Civil) e 193 (Corpo de Bombeiros), no caso de perceber qualquer movimentação de terra.

"O solo ainda está encharcado, então se vier mais chuva, temos que redobrar os cuidados por causa do risco de deslizamento", disse Machado.

Previsão de chuva

Conforme o meteorologista Leandro Puchalski, a previsão do tempo para quarta (3) e quinta-feira (4), a previsão é de mais chuva para o Estado, com apenas poucas aberturas de sol. Os maiores acumulados estão previstos durante a tarde e à noite (veja vídeo abaixo).

Fonte: G1 SC

Comunicar erro
Teve news

Comentários