19/10/2016 às 15h34min - Atualizada em 19/10/2016 às 15h34min

ADR discute construção de rede de frio

Rede de Frio foi autorizada pelo Ministério da Saúde e deverá ser construída em Videira.

Assessoria de imprensa

Na tarde desta terça-feira, 18, a 9º Agência de Desenvolvimento Regional  (ADR), por meio do secretário executivo, Euro Vieceli,  esteve juntamente com os gerentes de saúde e planejamento regional, Fabiana Moraes e Geancarlos Farinon, e a equipe técnica da gerência de saúde, Andrea Berto e Monica  Vanz, o gerente de infraestrutura Elias Boçois e a ex estagiária Morgana Grando, reunidos com o arquiteto da AMARP, Jean Marcelo Ziero, discutindo a implantação da rede de frios, autorizada pelo Ministério da Saúde.

Para o secretário executivo o objetivo do encontro foi definir os próximos passos para viabilização da obra "Essa é uma conquista importante para toda a regional e que só foi conseguida devido ao esforço e a dedicação da nossa gerência de saúde e a contribuição importante da gerência de infraestrutura da ADR, e da AMARP que colaborou muito para a elaboração do ante projeto" afirmou Euro agradecendo a dedicação de todos.

A rede de frio contemplada pelo Ministério da Saúde será construída em anexo a sede da ADR, em um espaço de 463m2, e receberá recursos de 1.09 milhão. A obra de dois andares conta com casa de máquina, ala de preparo, depósito de imunobiológicos, sala de refrigeração, ala administrativa, recepção, entre outros departamentos.

Segundo a gerente de saúde, Fabiana Moraes, a central regional da rede de frio dará melhores condições para o trabalho de imunização, com recepção e distribuição aos municípios dos imunobiológicos e insumos. A central atenderá 18 municípios da regional, contemplando uma população de 262 mil pessoas.

A atual rede de frio está localizada junto a gerência de saúde, em um prédio alugado, sem instalações físicas para a acomodar uma câmara fria. A nova rede ampliará as possibilidades de atendimento, bem como contribuirá para a melhoramento da logística de distribuição.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp