24/11/2021 às 17h05min - Atualizada em 25/11/2021 às 00h00min

Estudantes da Escola Santi percorrem as ruas do bairro do Paraíso em direção ao Parque do Ibirapuera, para pesquisar os rios ocultos da cidade

Saída pedagógica ocorre no dia 26/11, numa iniciativa conjunta entre as disciplinas de Ciências e Geografia. Participam da atividade os alunos do 6º e 7º anos, com idades entre 11 e 13 anos

SALA DA NOTÍCIA Fausto Cabral
“Existem rios escondidos na cidade de São Paulo?”. “O que diferencia os ambientes naturais observados no estudo de Santos e do bairro do Bixiga, das paisagens observadas na cidade de São Paulo?”. “Qual a influência desses aspectos em nossas vidas?”. Estas são algumas das questões que nortearão a saída pedagógica “Rios Ocultos”, que os alunos e alunas do 6º e 7º ano da Escola Santi - que atualmente integra o Grupo Eleva Educação -, com idades entre 11 e 13 anos, realizarão no próximo dia 26/11, sexta-feira, no período da manhã.

A atividade é uma iniciativa conjunta entre as disciplinas de Ciências e Geografia e estabelece uma conexão com os estudos realizados anteriormente sobre o bairro do Bixiga e a cidade de Santos. No percurso, os estudantes percorrerão ruas próximas à escola, no bairro do Paraíso, a caminho do Parque do Ibirapuera, onde finalizarão a atividade. A ideia é que os estudantes desenvolvam pesquisas sobre os rios “escondidos” na cidade de São Paulo que, devido à urbanização à canalização, acabaram desaparecendo da vista da comunidade e muitas vezes só são lembrados devido a impactos ambientais como as enchentes.

O objetivo é relacionar os conhecimentos adquiridos sobre sujeitos históricos, transformações na paisagem e urbanização e a preservação de ambientes naturais. É importante ressaltar que durante a saída os alunos estarão sempre acompanhados pelos professores e respeitando os protocolos recomendados pelas autoridades sanitárias.

Rios Ocultos – O projeto teve início em 2017, com os alunos realizando saídas pelas ruas na região da escola, identificando as nascentes e seguindo o curso até o Parque do Ibirapuera. A ideia é investigar o que ocorreu com os rios e quais os motivos do seu desaparecimento.

Entre outras questões que já foram levantadas pelos estudantes nos anos anteriores estão, por exemplo, a descoberta de que a Avenida Paulista é um divisor natural de águas da bacia hidrográfica do Tietê e que a falta de espécies nativas de Mata Atlântica e o desaparecimento de animais importantes como os polinizadores, impactam na maior parte dos projetos urbanísticos instalados, prejudicando a saúde dos rios e a qualidade de vida da população.

Eleva Educação
Nascido em 2013, com a união entre um grupo de jovens educadores liderados por Duda Falcão, Bruno Elias e Rafaela Dantas e o fundo de investimento Gera Venture, o grupo Eleva Educação se consolida como a maior rede de educação básica do país. Atualmente, o Gera Venture continua sendo o acionista controlador do Eleva e, em 2017, a Warburg Pincus entrou como acionista relevante.  Com forte investimento em formação de professores e colaboradores e em currículos e tecnologias, o grupo acumula um histórico de excelência acadêmica e um portfólio de escolas voltadas para a formação global do cidadão, além de altos índices de aprovações nacionais e internacionais. O Eleva Educação conta com três grandes unidades de negócio: Excelência, Global e Patio, área exclusiva de inovação e tecnologia. 
Para mais informações, acesse: www.elevaeducacao.com.br

Sobre a Santi
Fundada em 1969, a Escola Santi atua há 52 anos com a missão de formar pessoas capazes de atuar com consciência, autonomia, responsabilidade e respeito à diversidade humana e à natureza. A partir da aprendizagem de conceitos, atitudes e procedimentos, numa perspectiva colaborativa, sustentável e de transformação social, a Santi traz em seu corpo discente estudantes de diferentes faixas etárias, atuando desde a Educação Infantil até o Fundamental 2. Atualmente integra o Grupo Eleva Educação, que tem como principal intenção fortalecer, ampliar e aprender com o sucesso da escola.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp