07/12/2021 às 17h38min - Atualizada em 08/12/2021 às 00h00min

Complexo esportivo do Sesi São Bernardo recebe o nome de Balneário Etiene Pires de Medeiros

Nadadora foi homenageada nesta terça-feira (7) pelo presidente da Fiesp/Ciesp, Sesi-SP e Senai-SP, Paulo Skaf, que participou da cerimônia na região do Grande ABC paulista

SALA DA NOTÍCIA ASCOM FIESP
https://www.sesisp.org.br/
Everton Amaro / Fiesp
A nadadora pernambucana Etiene Medeiros integra a equipe de natação do Sesi-SP há 9 anos. E, a partir de agora, dará seu nome ao complexo esportivo do Centro de Atividades do Sesi São Bernardo, na região do Grande ABC paulista, que passa a ser chamado Balneário Etiene Pires de Medeiros. A cerimônia de nomeação em homenagem a Etiene foi realizada nesta terça-feira (7), com a presença de Paulo Skaf, presidente da Fiesp/Ciesp, Sesi-SP e Senai-SP.

Etiene agradeceu pelo apoio de seus pais e irmão, presentes à solenidade, ao técnico Fernando Vanzella, e todos os que a apoiaram desde o início. "Estar aqui me faz pensar no meu primeiro pódio e passa um filme na minha cabeça. Fico muito feliz em saber que essa placa pode representar muita coisa, mas principalmente o resultado de um processo de respeito e união. E agradeço ao Paulo Skaf por haver proporcionado condições para que o esporte chegasse ao nível em que chegou dentro do Sesi-SP", afirmou Etiene, tricampeã mundial, recordista mundial de piscina curta, campeã mundial de piscina longa, finalista olímpica nos Jogos do Rio 2016 e bicampeã Pan-Americana, eleita melhor nadadora da década no Brasil no Troféu Best Swimming 2020.

Paulo Skaf visitou a região do Grande ABC Paulista em um de seus últimos compromissos após 17 anos à frente das entidades que representam a indústria de São Paulo. Seu mandato termina no dia 31 de dezembro. "No esporte temos mais de 20 modalidades de rendimento, muitos atletas olímpicos e a maior delegação paralímpica. E temos também a primeira mulher do País a conquistar uma medalha de ouro em um Mundial de Natação, o que nos enche de orgulho. Ela faz parte da história da indústria do Brasil e da natação mundial", destacou Paulo Skaf. "Sem dúvida, Etiene é para todos nós um exemplo de dedicação, de esforço e perseverança, de crença e de fé. Acima de tudo, exemplo de talento", completou.

Etiene Medeiros - Primeira brasileira a conquistar uma medalha de ouro em um Mundial de Natação, Etiene está entre as melhores do mundo nos 50 metros costas há seis anos. Antes do título em 2017, em Budapeste (HUN), foi quarta colocada no Mundial em Barcelona 2013 e bronze em Kazan 2015. Ela também é bicampeã do mundo em piscina curta (Doha/2014, quando bateu o recorde mundial, e Windsor/2016), além da vitória no revezamento medley misto em 2014. 

Em 2019, acrescentou mais uma medalha em Mundiais, a prata nos 50 m costas. Única brasileira bicampeã pan-americana de natação - ganhou ouro nos 100 m costas em Toronto, em 2015, e nos 50 m livre em Lima, em 2019 -, Etiene soma nove medalhas no Pan, sendo quatro no Canadá e cinco no Peru.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Informações indisponíveis

0