12/05/2021 às 13h30min - Atualizada em 12/05/2021 às 14h40min

Sistemas virtuais podem facilitar home office e contribuir para o meio ambiente

A escolha por ferramentas de gestão e comunicação virtuais pode melhorar o trabalho a distância e a economia de insumos materiais possibilitam uma menor emissão de poluentes

DINO
https://wepipe.com.br

Não é novidade que a pandemia causada pelo novo Coronavírus tenha impactado diversos setores da economia e dos serviços em todos os continentes. Apesar de vários locais estarem se recuperando gradativamente após as campanhas de vacinação, como o caso de Nova Iorque, nos Estados Unidos da América, outros países como o Brasil, por exemplo, não veem uma perspectiva de retomada dos serviços e dinâmicas sociais nos mesmos moldes de antes da pandemia. Essa perspectiva de trabalho home office, de acordo com estudo da Workana, divulgado no G1, tende a permanecer mesmo após a imunização coletiva. De acordo com a pesquisa, 84% dos líderes entrevistados pretendem manter as atividades a distância e, para isso, concordam que uma melhor qualidade tecnológica e comunicação entre funcionários é essencial.

Desse modo, profissionais já incorporaram à rotina sistemas de comunicação que antes eram esporádicos ou facultativos, como as diversas plataformas de conversas em grupo e de videochamadas, tais como Skype, Google Meet, Zoom, Google Talk, Slack, entre outras. Segundo pesquisa da Workana, as empresas também viram a necessidade de capacitar os funcionários e líderes com as adaptações necessárias para que o trabalho através de ferramentas virtuais seja feito da melhor maneira possível.

Para Felipe Bareli, representante da wepipe, empresa de gestão de processos empresariais, “Com as novas políticas de isolamento social, tomadas devido à pandemia mundial, as ferramentas para gestão de tarefas ganharam bastante força no wepipe. O trabalho remoto passou a ser uma realidade no Brasil que, até então, adotava predominantemente a modalidade presencial. Como reflexo dessa nova modalidade de trabalho, profissionais que assumem cargos de liderança passaram a adotar ferramentas digitais para acompanhar o desenvolvimento e as entregas de tarefas atribuídas aos seus colaboradores.”

Felipe é um dos empreendedores que buscam desenvolver tecnologias que auxiliem o trabalho on-line de maneira prática. Segundo ele, “As ferramentas de modelagem e implantação de processos, como a wepipe, por exemplo, possibilitam que as empresas tenham processos padronizados, ou seja, sequências de passos e tarefas bem definidas que precisam ser realizadas para que objetivos sejam alcançados.” Ainda citando Felipe, “os processos definidos proporcionam mais eficiência na gestão, garantindo que todos os colaboradores trabalhem de forma padronizada resultando em ganho de produtividade e qualidade com a redução dos erros, maior transparência e controle no que está sendo executado e possibilidade de aprendizado”.

Fatores como trânsito, emissão de carbono na atmosfera, gasto de insumos que poluem o meio ambiente como papéis, tintas de impressoras, produtos de limpeza, entre outros, são levados em consideração por muitas empresas ao optar por plataformas de gerenciamento.

Além disso, questões como armazenamento de dados em ambientes digitais também chamam a atenção de profissionais, visto que o trabalho presencial muitas vezes depende de documentos físicos que podem se deteriorar com o tempo ou mesmo serem perdidos. De acordo com Vanessa D`Angelo, Head de Marketing da LogMeln na América Latina, em entrevista para o portal noticiasustentável.com, “É bastante interessante observar que 77,6% dos trabalhadores de escritório consultados no Brasil acreditam que trabalhar de casa é uma das maneiras mais eficazes de ajudar o meio ambiente”.

Para saber mais sobre esse tipo de gestão, basta acessar: https://wepipe.com.br/



Website: https://wepipe.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Informações indisponíveis

0