27/04/2021 às 12h02min - Atualizada em 27/04/2021 às 12h02min

Polícia Civil desvenda caso do cadáver transportado em carrinho de mão

Vítima foi assassinada após uma discussão fútil por bebida alcoólica em Lebon Régis

Repórter Marcos Antonio - Marcos Imprensa
Caçador Online

Segundo o delegado da DIC de Caçador, Davi Matos Pinheiro, a cena chamou a atenção de populares que acionaram a Polícia Militar e os bombeiros. No local, o rapaz que estava com o carrinho de mão contou que recebeu ordem de outras pessoas para desovar o corpo.

“A vítima tinha ferimentos e o rapaz relatou que o crime teria sido cometido por outros dois homens, em uma casa ao lado da rodovia. Também disse que chegou no local de madrugada e que os dois homens pediram para que ele desovasse o corpo no mato”.

Diante da situação, policiais civis e militares foram ao local indicado e encontraram dois suspeitos que correram em direção ao mato. Os dois acabaram presos e um deles confessou o crime de homicídio, segundo o delegado.

"Ele disse ter desferido várias pauladas na vítima após uma discussão por bebida alcoólica. Divergências de quem deveria consumir a bebida de quem. Ele confessou e também contou como foi a participação dos outros dois”, explicou Matos. 

Os três foram ouvidos na delegacia e depois conduzidos ao Presídio Regional de Caçador. 

Segundo o Portal Lebon Régis Online, a vítima, Adair Jose da Silva, 44 anos, era morador da localidade de São Sebastião do Sul, no interior de Lebon Régis.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Informações indisponíveis

0