13/05/2021 às 08h41min - Atualizada em 13/05/2021 às 11h20min

Tecnologia de ponta impulsiona sustentabilidade no campo

CEO da Ceptis, Philippe Ryser, defende novas tecnologias para aumentar a produtividade e, ao mesmo tempo, garantir a agricultura sustentável

DINO
http://www.ceptis.com.br
TrustScore da Ceptis Agro mensura sustentabilidade no campo

O caminho para o aumento da produtividade agrícola e a mitigação dos impactos ambientais por meio de tecnologias avançadas é uma tendência na produção rural no Brasil e no mundo. Mas, apesar dos inúmeros benefícios da produção agrícola sustentável, hoje apenas 5% dos produtores brasileiros adotam as práticas disponíveis.

A tecnologia que mensura a sustentabilidade de propriedades agrícolas e processos produtivos, chamada TrustScore, desenvolvida pela Ceptis, foi tema de palestra ministrada pelo CEO da empresa, Philippe Ryser, durante o II Congresso Mundial sobre Sistemas de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (WCCLF 2021) na semana passada. O objetivo foi apresentar a solução que mensura, pela primeira vez, o nível de sustentabilidade em larga escala de propriedades rurais e de processos produtivos agrícolas no país. O TrustScore analisa diversos critérios econômicos, sociais e ambientais de processos produtivos. Diferentemente das certificações ou auditorias tradicionais, que verificam apenas alguns parâmetros pontualmente, a tecnologia monitora continuamente as fazendas e os processos produtivos com as mais avançadas tecnologias do mercado – como satélite, sensores, internet das coisas (IoT), blockchain, entre outras.

De acordo com Philippe Ryser, um grande avanço do TrustScore será, em breve, a integração ao SAFF (Sustainable Agriculture Financing Facility ou Instrumento Financeiro para Agricultura Sustentável). A iniciativa terá como objetivo criar fundos verdes para fornecer recursos financeiros e técnicos de longo prazo, de baixo custo e flexíveis, para pequenos e médios agricultores implementarem tecnologias agrícolas sustentáveis (TAS). As principais TAS são os sistemas Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), aumentando a área com adoção da tecnologia e criando resultados socioeconômicos e ambientais.

“O programa tem como objetivo selecionar as propriedades sustentáveis, para que elas tenham acesso aos recursos com juros diferenciados, e também possam monitorar o processo produtivo, garantindo que o compromisso com a sustentabilidade se mantenha”, explica Ryser.

Para ter acesso aos futuros fundos SAFF, os agricultores poderão firmar um acordo contratual com a respectiva organização gestora. Depois disso, o produtor rural deve iniciar o processo de Certificação da Agricultura Sustentável TrustScore, garantindo as melhores práticas e qualidade ambiental e social, incluindo o cumprimento da legislação ambiental. Os empréstimos permitirão um cronograma de reembolso flexível. A assistência técnica, então, será fornecida como parte do acordo para reduzir os riscos – e aumentar a lucratividade dos investimentos em tecnologias sustentáveis.

As taxas finais de juros desses fundos verdes seguirão a pontuação atingida no TrustScore, com variações das taxas proporcionais às suas notas médias no sistema de pontuação. Essa vinculação permitirá que menores taxas sejam alcançadas pela obtenção de melhores notas no TrustScore e vice-versa.

Os países desenvolvidos têm sido cada vez mais exigentes em relação à sustentabilidade dos alimentos que são importados. Os novos critérios, por outro lado, também podem trazer incentivos. A União Europeia, por exemplo, decidiu investir nos próximos três anos mais de 1 trilhão de euros em produções agrícolas sustentáveis – que gerem alimentos saudáveis e que não colaborem negativamente com as mudanças climáticas. 

“O TrustScore e os fundos SAFF são exemplos de como transformar essas aparentes ameaças em oportunidades de negócios. A geração de dados confiáveis é um pré-requisito fundamental para fortalecer a reputação da agricultura no Brasil e no exterior. Além de diferenciar os bons agricultores, também irá oferecer meios para a realização de boas práticas. O que tende a inspirar o florescimento de um novo agronegócio sustentável no país: possível, urgente e necessário”, finaliza o especialista.



Website: http://www.ceptis.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Informações indisponíveis

0