28/12/2021 às 19h24min - Atualizada em 02/01/2022 às 17h30min

Soluções em educação para incluir no orçamento de 2022

Inglês online, financiamento estudantil e programação para crianças são algumas das soluções para incluir no orçamento do ano novo

SALA DA NOTÍCIA Victoria Bernardes
Divulgação
Impulsionar a carreira, mudar de área ou apenas começar a pensar no futuro, o investimento em educação é o segredo. Em pesquisa recente feita pela Revelo, startup líder em recrutamento de talentos em tecnologia da América Latina, cerca de 27,6% das pessoas que fazem cursos no segmento têm interesse em mudar de área de atuação. Em outro estudo, desta vez realizado pelo Instituto Semesp, que representa mantenedoras de faculdades no Brasil, mostrou que o número de pessoas que recebem acima de R$5 mil teve um crescimento de 135% após a conclusão da graduação. Por isso, confira abaixo três soluções que podem fazer a diferença no seu ano de 2022.

Aprender ou aprimorar o inglês
Não é mais segredo para ninguém que para conseguir uma boa posição em uma carreira é necessário estar bem capacitado. Segundo levantamento da Gupy no primeiro semestre de 2021, comparado com o mesmo período do ano passado, houve aumento de 36% nas vagas com as exigências de conhecimento em inglês. Então, se o objetivo é aprender ou melhorar o conhecimento na língua, a EF English Live, maior escola online de inglês do mundo, oferece pacotes para aprender a língua de forma remota, o que torna possível encaixar no dia a dia. Além de possuir mais de 5 mil exercícios interativos, dois mil professores de diversos países e 17 módulos técnicos, a modalidade pode ser até 40% mais barata que escolas tradicionais.

Graduação, especialização ou cursos livres
Se, durante a queima de fogos, um dos desejos para o novo ano for o de iniciar uma faculdade, mas a grana anda curta para atingir esse objetivo, o indicado é recorrer ao financiamento. Uma pesquisa realizada pelo Pravaler, principal plataforma de soluções para o ecossistema de educação do país, mostra que sem programas de crédito estudantil, tanto federais quanto particulares, 56,3% dos estudantes estariam fora do ensino superior. E, para facilitar o acesso à graduação, especialização ou cursos livres de atualização para dar um up na carreira, a fintech disponibiliza três novas soluções para os alunos que, além de dispensar o fiador para a contratação, oferece cashback de R$ 150 em compras on-line e permite financiar a dívida do semestre anterior sem apertar o bolso.

De olho no futuro das crianças
Assim como o inglês, a programação é algo presente no dia-a-dia das pessoas, principalmente dos pequenos. Atento ao público infantil brasileiro, a BYJU’S FutureSchool, maior edtech do mundo em educação interativa online, oferece diversas opções de conteúdo para crianças e adolescentes de 6 a 14 anos. As turmas são on-line e variam de cursos de música a programação. “Eles permitem aproveitar o tempo livre de maneira divertida, mas também produtiva”, conforme destaca Fernando Prado, Country Manager da BYJU’S FutureSchool. “Um curso de programação pode viabilizar um game, só que elaborado pelo próprio jovem. Então, o aventureiro vai trabalhar a criatividade, curiosidade e resolução de problemas. É uma atividade que entretém e traz benefícios ao processo de aprendizagem”.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Informações indisponíveis

0