27/11/2018 às 21h58min - Atualizada em 27/11/2018 às 21h58min

Contribuinte de Caçador poderá acertar dívida com o Município em mutirão de conciliação

- Marcos Imprensa
Taina Borges – Assessoria de Imprensa do TJSC
FOTO: TJSC

Entre os dias de 3 e 7 de dezembro, o Fórum da Comarca de Caçador atenderá mais de 1250 contribuintes com processos relacionados à divida ativa com o Município. No Mutirão de Conciliação do Executivo Fiscal Municipal será oferecida remissão de 20 a 90% dos juros e multas, conforme pagamento acordado em audiência. Além da possibilidade de negociação, a campanha conta com uma série de atividades, ações sociais e serviços gratuitos para a comunidade.

 

Para a semana, as audiências ocorrem em 10 salas simultaneamente, das 12h às 18h. Com a supervisão do juiz titular da 2ª Vara Cível, Rafael de Araújo Rios Schmitt, cerca de 20 servidores e conciliadores voluntários farão o atendimento à população. 

 

Esses contribuintes receberam uma notificação para comparecer às audiências e poderão ser beneficiados com o disposto na Lei Complementar número 349/2018, que institui o programa de parcelamento incentivado do Município de Caçador, concedendo anistia sobre os juros e multas dos débitos.

 

Aquele que possuir algum processo de executivo fiscal em andamento e não foi intimado, poderá comparecer ao Fórum na próxima semana. A equipe do Mutirão de Conciliação estará à disposição na entrada principal do Salão do Júri. O cartório da 2ª Vara Cível também receberá as demandas não agendadas.  

 

Outras atividades da campanha

 

O Instituto Geral de Perícias fará o agendamento para confecção de RG. Para quem gosta de ler, uma oportunidade é conhecer a biblioteca do Serviço Social do Comércio (Sesc). Profissionais da Secretaria Municipal de Saúde terão um espaço para realizar teste de glicemia e aferição de pressão arterial.

A Polícia Civil também é parceria do evento e levará para o Fórum a delegacia móvel para o registro de boletins de ocorrência e orientações sobre diversos assuntos. Integrantes do projeto Doe Vida trazem à discussão da sociedade a ideia de ter um hemocentro próprio em Caçador.

 

Integrantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Caixa de Assistência dos Advogados de Santa Catarina (CAASC) se dispuseram a tirar dúvidas da comunidade e farão a distribuição de brindes para os advogados.

 

Os eleitores que ainda não fizeram o cadastramento biométrico podem agendar o procedimento com a Justiça Eleitoral nesta oportunidade.

 

 

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp