MENU

25/01/2019 às 22h38min - Atualizada em 25/01/2019 às 22h38min

Rompimento de barragem em Brumadinho deixa sete mortos, diz governo de Minas Gerais

Ainda segundo o governo de MG, nove foram retiradas da lama com vida e cerca de 100 pessoas ilhadas foram resgatadas

(Foto: Douglas Magno/AFP)
O governo de Minas Gerais divulgou, na noite desta sexta-feira (25), que sete pessoas morreram com o rompimento de barragem da Vale ocorrido na cidade de Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte. Ainda não há identificação das pessoas que morreram.Segundo o governo, foram retiradas nove pessoas com vida da lama e cerca de 100 pessoas ilhadas foram resgatadas. Dados repassados pela Vale ao governador de Minas, Romeu Zema, indicaram que havia 427 pessoas no local — e 279 foram resgatadas vivas.

Quase 100 bombeiros foram deslocados para a região para buscar pessoas desaparecidas. O contingente, segundo o governo de Minas Gerais, será dobrado a partir da madrugada deste sábado (26).

"Dano humano será maior"

Em entrevista nesta sexta-feira (25), o presidente da Vale, Fabio Schvartsman, se disse "arrasado".

— Dessa vez o dano ambiental será muito menor que em Mariana, mas o humano será maior — disse Schvartsman, recém-chegado de Davos, na Suíça.

Schvartsman se refere ao rompimento de uma barragem da Samarco em Mariana, também em Minas Gerais, em novembro de 2015. A lama atingiu o distrito de Bento Rodrigues, matando 19 pessoas.
 

Possível rota da lama

A lama do rompimento de barragem em Brumadinho deve seguir pelo Rio Paraopeba nos próximos dias. A Agência Nacional das Águas (ANA) informou, por meio de nota, que a barragem de Retiro Baixo, onde há uma usina hidrelétrica, deverá receber o material em cerca de dois dias. A usina fica a cerca de 220 km do local do rompimento.

A expectativa é de que a barragem amorteça a onda de lama. Caso o material não estacione nesse ponto, seguirá para a Represa Três Marias, último entreposto antes dos resíduos atingirem o Rio São Francisco.

Até o momento, não existe estimativa de tempo para esse segundo fluxo.

Veja abaixo o curso da lama pelo Rio Paraopeba:

*GaúchaZH
Fonte NC TOTAL

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp