10/01/2022 às 14h39min - Atualizada em 11/01/2022 às 11h31min

Tudo o que você precisa saber sobre um angiologista

SALA DA NOTÍCIA Victor
 

Quando pensamos no mundo da medicina , muita das vezes temos um pensamento muito limitado sobre os ramos que existem dentro desse universo e de como eles funcionam, e em alguns casos a angiologia é um desses. 

Você sabe o que faz um angiologista

Se a resposta for não , não se preocupe, pois preparamos para você informações que irão auxiliar, esclarecer e alertar caso houver a necessidade de marcar uma consulta!

Você sabe qual a diferença entre um angiologista e um cirurgião vascular?

Algumas pessoas ainda confundem estas duas especialidades médicas, o que acaba dificultando na hora de procurar um tratamento para uma doença específica.

O angiologista e o cirurgião vascular eram tidos como uma só especialização. 

O que faz um angiologista?

Angiologista ou médico vascular é um perito em problemas que afetam os vasos sanguíneos e linfáticos, o que também inclui as artérias, e veias.

Apesar de ser bem conhecida por quem sofre de varizes, é muito mais extenso do que imaginamos, pois abrange diversos cuidados com patologias do nosso sistema circulatório.  

O que faz um cirurgião vascular?

Diferente do médico angiologista, e cirurgião vascular é aquele especializado em cuidar dos vasos sanguíneos.

Assim também, como em diversas partes e sistemas do nosso organismo para garantir o bom funcionamento do sistema circulatório.

É necessário que haja um especialista que as conheça muito bem para que  saiba como funcionam, para que sejam tratadas da maneira adequada.

O resultado do diagnóstico do cirurgião vascular resulta no tratamento a partir do método cirúrgico, ao contrário do angiologista, que utiliza métodos de prevenção e mudanças na rotina de vida do paciente.

A função do cirurgião vascular é de diagnosticar e estudar o tratamento cirúrgico das doenças dos vasos sanguíneos, as principais são: doenças das artérias, dos vasos linfáticos e das veias.

O cirurgião vascular pode adotar procedimentos cirúrgicos convencionais, por meio de incisões ou de intervenções vasculares, por dentro das veias. 

Além disso, pacientes que sofrem de insuficiência renal crônica também podem ser acompanhados por um cirurgião vascular na realização do procedimento das fístulas arteriovenosas para a hemodiálise.

Qual a importância do médico angiologista?

O médico angiologista é responsável pelo diagnóstico e acompanhamento das doenças vasculares.

O tratamento clínico em angiologia é importante para:

  • Prevenção de doenças vasculares
  • Indicações para mudanças de hábitos 
  • Recuperação da saúde vascular
  • Prescrição de medicamentos

É importante ressaltar que o acompanhamento clínico do médico angiologista é essencial para tratar doenças vasculares com um diagnóstico mais preciso, antes que acabe se agravando.

Por isso, um diagnóstico quando se está no início de doenças vasculares aumenta a possibilidade da eficácia na cura ou administração dessas doenças.

Quando procurar um angiologista?

Existem alguns sinais que indicam quando se deve procurar um angiologista, aqui vamos listar alguns para que você fique atento a esses sinais:

  •  A hora certa de procurar um angiologista é se você começar a reparar que há veias azuladas e consideravelmente visíveis abaixo da pele 
  • Se houver agrupamentos de pequenos vasos vermelhos, também se deve ter uma atenção a mais
  • Quando se tem a sensação de queimação muito forte nas pernas e até mesmo na planta dos pés 
  • Se as pernas, ou os tornozelos, incham ao final do dia
  • Ao sentir-se muito cansado facilmente, com peso nas pernas ou fadiga e até mesmo uma coceira intensa e persistente
  • Se houver cãibras frequentes, procure é muito importante procurar um angiologista.

Principais doenças tratadas por um angiologista

Na maioria das vezes, o médico angiologista é procurado para o início do tratamento das varizes, que são as veias dilatadas que prejudicam a circulação. Outras doenças também são tratadas pelo profissional, como:

  • Aterosclerose
  • Vasculite
  • Aneurisma arterial
  • Trombose venosa profunda
  • Insuficiência vascular cerebral.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Informações indisponíveis

0