17/05/2021 às 20h54min - Atualizada em 17/05/2021 às 20h54min

Novo decreto muda horário do comércio em SC; veja as mudanças

Atualização estende medidas até o dia 31 de maio, mas com a principal mudança na abertura do comércio

Marcos Antonio - Marco Imprensa
MARCOS JORDÃO, FLORIANÓPOLIS

O Governo de Santa Catarina publicou um novo decreto na noite desta segunda-feira (17) atualizando as medidas restritivas de combate ao contágio da Covid-19. A alteração de destaque fica por conta do funcionamento do comércio a partir das 5h. Vale ressaltar que as medidas foram estendidas até o dia 31 de maio
 O decreto que estava em vigor permitia a abertura do comércio apenas a partir das 6h. Agora, serviços de alimentação, por exemplo, cafeterias, casas de chás, lanchonetes, confeitarias e semelhantes podem funcionar das 5h às 23h, limitando o ingresso de novos clientes até 22h. Isso vale para as cidades.
Outro grupo de atividades econômicas, que inclui serviços privados não essenciais e com limitação de pessoas, poderá funcionar das 5h às 23h em todos os níveis de risco.


A medida também vale para o funcionamento de supermercados, com limite de acesso até duas pessoas por família e ocupação simultânea de até 50%, das 5h às 23h.
Veja as regras conforme o nível de risco:

Risco gravíssimo

Transporte coletivo urbano municipal, intermunicipal e interestadual pode funcionar com lotação de 50% da capacidade do veículo;
Restaurante, bares, lanchonetes e afins podem funcionar das 5h às 23h;
Casas noturnas, boates, casas de shows, pubs e afins podem usar o espaço do salão para eventos, com limite de ocupação de até 100 pessoas e podem abrir das 6h às 23h;
Eventos sociais (como casamentos, aniversários, formaturas e festas infantis) podem funcionar das 6h às 23h com até 100 convidados. Fica permitida a execução de música ao vivo com formação instrumental e vocal de até dois integrantes;
Eventos corporativos (congressos, palestras, seminários e reuniões públicas ou privadas) podem funcionar das 6h às 23h com até 100 convidados; bebidas alcoólicas não podem ser vendidas para consumo no próprio estabelecimento entre 23h e 5h;

Risco grave

Transporte coletivo urbano municipal, intermunicipal e interestadual pode funcionar com lotação de 70% da capacidade do veículo;
Restaurante, bares, lanchonetes e afins podem funcionar das 5h às 23h;

Casas noturnas, boates, casas de shows, pubs e afins podem usar o espaço do salão para eventos, com limite de ocupação de até 150 pessoas e podem abrir das 6h às 23h;
Eventos sociais (como casamentos, aniversários, formaturas e festas infantis) podem funcionar das 6h às 23h com até 80 convidados. Fica permitida a execução de música ao vivo com formação instrumental e vocal de até dois integrantes;
Eventos corporativos (congressos, palestras, seminários e reuniões públicas ou privadas) podem funcionar das 6h às 23h com até 200 convidados; bebidas alcoólicas não podem ser vendidas para consumo no próprio estabelecimento entre meia noite e 6h.

Atividades permitidas das 5h às 23h, em todos os níveis de risco:

Academias;
Utilização de piscinas de uso coletivo, clubes sociais e esportivos, com limite de ocupação simultânea de 50%;



temáticos e zoológicos, com limite de ocupação simultânea de 50%;
Cinemas, teatros, circos e museus;
Igrejas e templos religiosos;
Áreas de uso coletivo em hotéis e similares, com limite de ocupação simultânea de 50%;
Eventos públicos na modalidade drive-in;
Shoppings, centros comerciais, galerias e comércio de rua em geral;
Feiras, exposições e leilões;
Parques aquáticos e complexos de águas termais.

Atividades permitidas 24 horas por dia em todas as regiões

Farmácias, hospitais e clínicas médicas;
Serviços funerários;
Serviços agropecuários, veterinários e de cuidados com animais em cativeiro;
Assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade;
Estabelecimentos que realizem atendimento exclusivamente na modalidade de tele-entrega;
Postos de combustíveis;
Estabelecimentos dedicados à alimentação ou à hospedagem
de transportadores de cargas e de passageiros, situados em estradas e rodovias
Hotéis e similares.


 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »