19/05/2021 às 15h20min - Atualizada em 19/05/2021 às 18h21min

Pagar as contas em dia aumenta o score de crédito

Quitar as contas dentro do prazo de vencimento evita a inclusão em mecanismos de proteção de crédito.

DINO
https://www.bullla.com.br/

O início do mês é marcado pela chegada dos boletos referentes a todos os débitos do mês anterior. Esse é um momento importante, pois é a hora de saber quanto foi gasto e se o orçamento será suficiente para cobrir as despesas.

Se a pessoa possui o hábito de registrar todos os gastos e sempre manter um consumo realista, então, certamente, não haverá dificuldades. O problema é quando não há uma organização financeira.

Acumular os boletos a serem pagos não é algo recomendável, pois há diversos riscos associados ao não pagamento dos débitos ou, até mesmo, ao pagamento fora do prazo. Sempre existe um custo quando o pagamento é feito depois da data de vencimento, pois, sempre que ocorre atraso para quitar o débito ou, na pior das hipóteses, o pagamento não é feito, será preciso lidar com multas e taxas de atrasos, bem como cobrança de juros nos boletos seguintes.

Os riscos de atrasar ou não pagar as contas

A principal consequência de não pagar em dia um determinado boleto é a taxa de juros no mês seguinte. Isso faz com que o próximo boleto tenha um valor ainda maior do que era esperado. Outro detalhe importante é que as taxas de juros costumam ser bem altas, por isso, pagar depois da data de vencimento é um grande risco, principalmente para quem já possui outras contas a serem pagas.

Não pagar os boletos significa acumular dívidas para o futuro. Uma hora esses valores terão que ser pagos e quanto mais esse processo for postergado, maior será o valor final que deverá ser desembolsado. Isso resulta no efeito bola de neve, ou seja, as dívidas vão crescendo tanto que acabam virando algo inviável no orçamento. Esse é um cenário extremamente difícil de ser superado.

Vale destacar que também existem os riscos específicos que estão associados à natureza do boleto em questão. Um exemplo disso são as contas de água, luz e telefone. Geralmente, as empresas que fornecem esse tipo de produto possuem o direito de cortar o serviço a partir de um determinado período de atraso no pagamento. Ou seja, além de ter que pagar boletos atrasados, a pessoa ainda ficará sem coisas básicas como água, luz, telefone, por exemplo.

No caso do cartão de crédito, o maior problema é mesmo a taxa de juros que será cobrada por causa do atraso no pagamento. A situação fica ainda pior quando a fatura não é paga. É preciso ter em mente que as taxas praticadas pelas operadoras de cartões de crédito são as maiores do mercado, ou seja, qualquer atraso ou não pagamento resulta em cobranças enormes para o consumidor.

Importância de não comprometer a renda e pagar as contas no prazo
O principal incentivo para pagar as contas em dia ou não deixar de pagar os boletos é justamente manter o CPF limpo. Entrar na lista de inadimplentes é algo bastante desagradável e que gera uma série de problemas para o consumidor. Com o nome sujo não é possível conseguir novos cartões de crédito, contratar empréstimos ou financiamentos e fazer compras no carnê. Além disso, o CPF sujo também tem uma grande influência na queda do score de crédito. Essa pontuação é utilizada como base pelas operadoras de crédito e redes de varejo de todo o Brasil na hora de fechar uma transação com uma pessoa. Com um baixo score de crédito é muito difícil ter respostas positivas do mercado.

Uma das formas de pagar os boletos atrasados e reequilibrar o orçamento é por meio do empréstimo online entre pessoas no Bullla. Além disso, a plataforma foi desenvolvida sob o conceito de comunidade financeira, ou seja, o Bom Pagador - que paga em dia e quita as dívidas - sempre será beneficiado com taxas de juros ainda menores e um uma alta pontuação no sistema de nota de crédito exclusivo do Bullla.

Mais informações em https://www.bullla.com.br/.



Website: https://www.bullla.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »